Sábado, 3 de Setembro de 2011

Projeto Porto Maravilha vai reformar centro cultural na Gamboa, no RJ

Atualizado em 03/09/2011 12h48

 

Casarão inaugurado em 1876 será recuperado com verbas do programa.
Edital de licitação será lançado nesta quarta. Obra custará R$ 1,8 milhão.

 

Lilian Quaino - Do G1RJ

O Centro Cultural José Bonifácio é voltado para a pesquisa e a preservação da cultura afro-descendente (Foto: Lilian Quaino/G1)

O Centro Cultural José Bonifácio, que será recuperado, é voltado para a pesquisa e a preservação da cultura afro-descendente (Foto: Lilian Quaino/G1)

 

O programa Porto Maravilha Cultural, parte do projeto Porto Maravilha, de revitalização da Zona Portuária do Rio, lança nesta quarta-feira (31) o edital de licitação para a reforma do Centro Cultural José Bonifácio, interditado pela Defesa Civil desde maio passado por causa das precárias condições de suas grades. O casarão da Rua Pedro Ernesto, na Gamboa, foi inaugurado em 1876 para ser uma das primeiras escolas públicas do país para meninos e meninas.

Em 1983, passou por uma reforma e se tornou, com suas 25 salas, a sede do Centro Cultural José Bonifácio, voltado para a pesquisa e preservação da cultura afro-descendente, oferecendo à comunidade um importante com acervo bibliográfico, de fotos, pinturas e esculturas, além de cursos e apresentações de peças e shows de música e dança.

A reforma deverá durar dez meses e custará em torno de R$ 1,8 milhão. O presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), engenheiro Jorge Arraes, disse que numa avaliação rápida que fez pôde perceber que o prédio, com suas escadarias e assoalhos de madeira e pilares e gradis de ferro, está em condições razoáveis, mas precisa de especial atenção ao telhado, à impermeabilização e ao revestimento.

Cepacs
Jorge Arraes explica que no projeto Porto Maravilha não entram recursos públicos. A moeda do programa são os Cepacs, sigla para Certificados de Potencial Adicional Construtivo. A prefeitura autorizou a construção na área de edifícios maiores do que os limites atuais, com exceção de construções tombadas pelo patrimônio cultural e das destinadas ao serviço público, e sempre respeitando o gabarito relativo ao número de andares, que pode ser de 20, 30 e 40, de acordo com a região.

Em junho passado, a Caixa Econômica Federal arrecadou em leilão um lote único de Cepacs no valor de R$ 3,5 bilhões, formando um fundo imobiliário administrado pelo FGTS. Os interessados em construir um empreendimento na área do Porto Maravilha apresentam seus projetos à prefeitura e compram do fundo os Cepacs relativos à dimensão pretendida pela obra.

 

Os antigos galpões da Gamboa vão se tornar espaços culturais (Foto: Divilgação/Cdurp) 
Os antigos galpões da Gamboa vão se tornar espaços para atividades culturais - Foto Divilgação/Cdurp

 

O Centro Cultural José Bonifácio está sendo beneficiado pelo dispositivo da lei que criou o projeto Porto Maravilha, que diz que 3% dos recursos obtidos com os Cepacs têm que ser destinados à recuperação e preservação do patrimônio cultural da região. Os primeiros beneficiados foram os galpões da Gamboa, antigos galpões ferroviários, com 3.600 m² cada, que estão sendo recuperados para serem destinados a atividades culturais a um custo de R$ 8 milhões.

'Queremos que os moradores fiquem'
Arraes contou que projetos de cinco edifícios comerciais aprovados na prefeitura geraram uma demanda de 200 mil Cepacs, num total estimado de R$ 100 milhões. Os contratos, disse ele, deverão ser concretizados em breve.

O engenheiro diz que esses prédios são de alto padrão, mas também já existem projetos residenciais aprovados na prefeitura. Para ele, o projeto Porto Maravilha quer não só manter os tradicionais e antigos moradores em seus bairros como trazer muitos novos habitantes.

A meta é aumentar a população da região de 22 mil para cem mil habitantes em dez anos.
“Queremos que os moradores fiquem”, disse.

'Bairros com vida própria'
Para Arraes, a Zona Portuária do Rio deverá ter uma cara mais parecida com os portos da Cidade do Cabo, na África do Sul, e de Barcelona, na Espanha, onde se misturam residências, restaurantes, lojas e escritórios. E menos com o argentino Porto Madero que, apesar de seus restaurantes e hotéis, segundo ele “não gera vida”, atraindo mais turistas que moradores.

“Os bairros da zona portuária têm vida própria; são marcos da história da cidade desde o início da colonização. A região vai ser modernizada mas sua identidade será preservada. E as mudanças beneficiarão os moradores da região”, diz Arraes.

A área terá 17 quilômetros de ciclovias e 15 mil árvores serão plantadas para atende à meta de aumentar a área verde de 2,4% para 10,9%.

 

Perspectiva da Avenida Francisco Bicalho com prédios de diferentes gabaritos, separados por áreas verdes (Foto: Divilgação/Cdurp) 
Perspectiva de como deverá ficar a Avenida Francisco Bicalho com prédios de diferentes gabaritos, separados por áreas verdes (Foto: Divulgação/Cdurp)

 

Respeito ao meio ambiente

 

Quem quiser construir no área do Porto Maravilha tem que assumir um compromisso com o meio ambiente e a sustentabilidade.

“Os prédios terão de ficar a 30 metros de distância um do outro, e daremos muito valor ao paisagismo do empreendimento”, diz Arraes.

Segundo o projeto, os novos prédios deverão ter condições de reaproveitar águas pluviais, deverão instalar equipamentos para captação de energia solar, usar somente madeira certificada, utiliza ao máximo a ventilação e a iluminação natural e até facilitar o uso de bicicletas.

Fibra ótica
O projeto Porto Maravilha pretende ainda substituir a rede aérea de telecomunicações da Zona Portuária da cidade por um sistema subterrâneo com tecnologia de fibra ótica, que terá capacidade superior à atual.

Para isso, já foi publicado no Diário Oficial chamamento público para empresas privadas apresentarem estudos técnicos para a instalação de rede de fibras óticas de alta capacidade.

Segundo o engenheiro Jorge Arraes, a mudança deixa a Zona Portuária na vanguarda das telecomunicações no país, retirando toda a rede aérea e a substituindo pelo sistema conhecido como FTTH (Fiber To The Home) ou FTTB (Fiber To The Building).

Fonte: Íntegra do G1.globo.com

Postado por olinguarudo às 13:00
Link do post | Faça um comentário | Adicionar aos favoritos
|

*Pesquisar neste blog

 

*Mais sobre mim

*Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

*Posts do mês:

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

*Posts recentes

* Encontrei meu médico de f...

* Dilma: "Eu acho que vai t...

* Da Série: No que a quadri...

* Duas trajetórias, que pre...

* "Pai presente" um comerci...

* Museu de Arte do Rio que ...

* Fui pra onde?

* Para cair na folia: Agend...

* Vila Olímpica ganhará nov...

* Justiça decide que é lega...

* Governo investe forte na ...

* “Time of Rio”

* Expansão vai levar Parque...

* Se você é desocupado como...

* Novo trecho da TransOeste...

* Investimento em infraestr...

* Viaduto da Abolição refaz...

* Rio de Janeiro: Onde a op...

* Túnel do tempo olímpico -...

* Policial em São Paulo, pr...

* Rio: Guardando o lixo lon...

* Parque de Madureira: O pa...

* TransOeste: Caminho de ar...

* BRT Transoeste muda o con...

* TransOeste: Túnel da Grot...

* Prefeito de Japeri suspei...

* Se houve mensalão Lula fo...

* Preso verme que matou pol...

* Os "coitadinhos e excluíd...

* Na semana da pátria a jus...

* Passado e modernidade jun...

* Inaugurado o BRT TransOes...

* Túnel Binário já começa a...

* Inaugurado o terceiro mai...

* Ornamentos do século XIX ...

* Governo anuncia venda do ...

* Paes comemora rating conc...

* Setor de Tecnologia da In...

* BRT Transoeste muda o con...

* Jardim do Valongo passa p...

* A casa paradisíaca da can...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* Camilo Portugal, um atlet...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* No último final de semana...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* Príncipe Harry participa ...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* No dia da Mulher: EUA hom...

* Alunas saem da praia e vã...

*Meu álbum de fotos

*Comentários Recentes

Kkkkkkkk, pra quem odeia paulista, sabe muito sobr...
Não vejo a hora de ver este projeto em anda...
Até me assusta ver um blog como este....Depois de ...
Pow o maior sonho de todo flamenguista e ter um es...
Alguns erros: Rodovia Raposo Tavares: A via foi en...
O Alan, vc sim é um verdadeiro idiota, um verme, e...
São pessoas como você que merecem ser abortadas, n...
Olá Chefe Camilo, só tenho que agradecer pela pess...
Olá aqui é Camilo Portugal o cidadão da foto aí em...
Parece que essa mudança vai ser boa para os client...

*Mais comentados

*tags

* todas as tags

blogs SAPO

*subscrever feeds