Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

20
Out12

BRT Transoeste muda o conceito de transporte público na cidade

olinguarudo

Corredor exclusivo para ônibus articulados vai reduzir o tempo de deslocamento entre Santa Cruz e Barra da Tijuca

 

 

Uma nova era nos transportes urbanos do Rio tem início nesta quarta-feira, com a inauguração do corredor BRT Transoeste, o primeiro da cidade, que vai ligar Santa Cruz ao Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca. A implementação do corredor será gradual: nesta primeira fase, os ônibus articulados circularão somente pelas estações Pingo D´Água, Pontal, Recreio Shopping, Nova Barra, Gelson Fonseca, Pedra de Itaúna, Riomar, Novo Leblon e Alvorada, sempre das 10h às 15h, com intervalos de 10 minutos. Ao longo de 60 dias, as demais estações serão incorporadas ao trajeto, o que diminuirá pela metade o tempo de quem precisa se deslocar pela Zona Oeste.

 

Com capacidade para 140 passageiros, os ônibus do BRT terão ar-condicionado e tarifa única de R$ 2,75 e poderão ser pagas com o Bilhete Único Carioca ou o RioCard. Assim, durante um período de até duas horas, os beneficiados pelo novo sistema poderão fazer até três viagens, sendo duas de ônibus, tanto alimentador quanto comum, e uma de BRT. O preço da tarifa para integração com trens da Supervia será de R$ 3,95 e com ônibus intermunicipais, R$ 4,95.

- Com o Bilhete Único Carioca o passageiro pode embarcar no BRT em Santa Cruz, por exemplo, e seguir até o Terminal Alvorada. De lá, ele pode pegar um alimentador da Transoeste até o destino dele na Barra da Tijuca. Ou pode pegar também o BRT e uma linha para qualquer outro bairro do Rio de Janeiro, como Centro ou Zona Sul, pelos mesmos R$ 2,75 – explicou Marcos Tognozzi, coordenador de transportes da Zona Oeste pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR).

 

Para facilitar o acesso de quem mora longe das estações, o sistema BRT contará com as chamadas linhas alimentadoras, responsáveis por trazer os passageiros de seus bairros até a estação mais próxima e vice-versa. Com o tempo, as linhas de ônibus que fazem o trajeto Santa Cruz – Alvorada serão seccionadas e seus percursos, diminuídos. Com isso, circularão somente entre os bairros e a estação do BRT mais próxima.

 

BRT Transoeste muda o conceito de transporte público na cidade

Primeiro corredor BRT da cidade, Transoeste entra em operação ligando a Barra da Tijuca à Santa Cruz. Sistema funcionará 24 horas por dia e o serviço noturno será feito em estações pré-determinadas

 
Primeiro corredor BRT da cidade, Transoeste entra em operação ligando a Barra da Tijuca à Santa Cruz. Sistema funcionará 24 horas por dia e o serviço noturno será feito em estações pré-determinadas

 

Passageiros que ainda não possuem o Bilhete Único Carioca poderão comprar os cartões de passagem nas bilheterias das estações, que também estão equipadas com máquinas que, além da venda dos bilhetes, estarão aptas a efetuar a recarga dos mesmos.

- Todas as estações contam com agentes de segurança, agentes de plataforma, funcionários da limpeza e bilheteiros. Funcionários estarão à disposição dos passageiros para tirar eventuais dúvidas sobre o funcionamento do sistema. Além disso, as estações contarão com bicicletário – contou Tognozzi.

 

As estações estarão equipadas com monitores que informarão aos passageiros em qual a linha de ônibus ele poderá embarcar naquele momento, que sentido a linha estará seguindo e o tempo que falta para o BRT chegar na plataforma.

- O sistema BRT funcionará 24 horas por dia e o serviço noturno será feito em estações pré-determinadas, possibilitando um deslocamento mais rápido – disse Tognozzi.

 

Quando estiver em pleno funcionamento, a média de intervalo entre um BRT e outro vai variar entre dois e cinco minutos, dependendo do serviço (expresso ou parador), podendo chegar a oito minutos no período noturno.

 

Fonte: www.cidadeolimpica.com

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub