Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

11
Jan11

O Rio de Janeiro é muito mais que favelas, bandidos e tráfico de drogas

olinguarudo

 A iluminação especial faz bater o coração da estátua, em homenagem ao dia dos pais

Foto: Patrícia Kappen/G1

 

O Rio de Janeiro é muito mais que os filhos da favela, os bandidos, as favelas, o tráfico de drogas e os políticos corruptos, imorais e desonestos que passaram por lá e fizeram acordos com bandidos.

 

O Rio é uma cidade que o mundo inteiro conhece, adora e declara seu amor por ela, com suas belezas naturais, um cartão postal em cada ponto da cidade, o contraste do verde de suas matas e montanhas, contrastando com o azul do céu e do mar, sem falar na irreverência e o bom humor do sacana carioca, no gingado de suas garotas de Ipanema,de Copacabana, do Leblon, e de todos os bairros da cidade, sempre saradas, lindas e queimadinhas do sol abundante que Deus dá o ano inteiro.

 

É esse Rio, carismático e simpático, encantador, acolhedor e aconchegante, vem sofrendo um processo “virtuoso” de desenvolvimento jamais visto. Cada vez mais empresários de todo país e do mundo estão se rendendo e se decidindo a investir na cidade e no estado, instalando suas empresas aqui e associando trabalho a qualidade de vida e aprendendo a desfrutar a vida intensamente, como só o carioca sabe.

 

Seja nas praias paradisíacas da zona sul da cidade, das ilhas e praias da Costa Verde, litoral sul, como Angra dos Reis, Mangaratiba ou Ilha Grande ou na Região dos Lagos, em Cabo Frio, Búzios e no litoral norte, ou mesmo para relax na Região Serrana, como Teresópolis, Petrópolis e Friburgo.

 

Seja qual for o local ou região escolhida, é de muito bom gosto que o Rio é lindo e relaxante de norte a sul, leste a oeste.

 

E é sem dúvida a cidade com todos os atrativos para empresários e o turismo no país, imagina instalar a planta de sua empresa numa cidade como o Rio, fazer amigos na cidade, sair do trabalho e ir para um Happy Hour no beco da sardinha, na Rua do ouvidor,  no Arco do Teles ou mesmo ir tomar um banho de mar em Ipanema a noite ou bater uma bola num dos inúmeros campos de futebol do Aterro do Flamengo.

 

Para isso os governantes tem que oferecer as condições, sobretudo de segurança para que os empresários e turistas venham sem medo, que a cidade fique mais humanizada e sem a onda de violência e criminalidade atual. Vamos limpando, prefeito e governador, aplicando o “choque de ordem”, batendo de frente com tolerância zero incessantemente com os criminosos, e com toda essa gente que só produz anarquia e baderna, e em nome da “pobreza” querendo favelar os locais nobres da cidade, com barracas para venda de produtos, e até comestíveis, sem a mínina higiene. Concorrendo deslealmente com os que pagam impostos, regularmente estabelecidos, se der prende se não, vala neles.

 

Chega de permitir a essa gente sem educação, sem princípios, sem nível, sem qualificação, invadir a cidade e transformar a Cidade Maravilhosa numa pocilga, numa favela, sob os olhares complacentes, como eram os canalhas dos governantes do passado, que ainda incentivavam em busca de votos querendo se passar por “bonzinhos” com eles, e olha o legada que eles deixaram para a cidade mais linda do mundo.

 

Criaram favelas, dizimaram parte da Floresta da Tijuca para construir favelas, e nos deram seus filhos, que se organizaram, não como empresários e pessoas proativas e produtivas, mas como quadrilhas organizadas de criminosos para denegrir e difamar a cidade. O custo beneficio de se manter, se investir, se tolerar e se aceitar uma favela não compensa, o que sai de bom lá de dentro, é infinitamente menor do que o que se produz de ruim.

 

Estão sendo viabilizados grandes negócios com grandes porte e investimentos nas esferas municipal, estadual, federal e privada na cidade e no estado do Rio de Janeiro, atraindo assim empresas e pessoal qualificado, que estudou e se preparou para encarar a vida. Pessoas que correram atrás das oportunidades para encarar e atender as exigências do mercado de trabalho que é altamente competitivo e exigente.

 

Não ficaram, como a maioria dos malandros que conhecemos, dando desculpas mentirosas de que não teve oportunidade, são excluídos, por isso a maioria desses espertos foram ser bandidos ou políticos, os únicos dois segmento da sociedade que aceita tudo, todo lixo, escória e excremento humano, analfabeto e sem qualificação, desde que ou tenha coragem de empunhar uma arma e anunciar um assalto e ir até o fim. Fim que não demora muito, ou seja político, 171 nato, mentiroso, bravateiro, oportunista, aventureiro, estelionatário, corrupto e como temos milhares de exemplos na política nacional.

 

Essa sim é a verdadeira realidade do Rio.

 

Investimentos, incentivos e financiamentos recentes

 

Portos

O Ministro Pedro Brito, da Secretaria Especial de Portos, assinou contrato esta semana com as empresas Somar e Entrepa, para dragagem dos canais dos portos do Rio e Angra dos Reis no litoral sul, fazendo parte do PND - Programa Nacional de Dragagem, têm recursos garantidos pelo PAC - Programa de Aceleração do Crescimento, para aprofundar o calado (profundidade) para atracação de navios de maior porte, “sem está obra o porto se tornaria inviável nos próximos anos” segundo Brito. Atualmente o calado é de 9,00m a 15,00 metros, com a dragagem espera-se que seja de 10,00 a 15,50m.

 

O evento foi realizado no Armazém 2 do Pier Mauá, e o Porto do Rio fará 100 anos no ano que vem. O investimento será de R$ 125 milhões. No Porto do Rio serão consumidos R$ 122 milhões, com previsão de conclusão da obra em doze meses. No porto de Angra serão gastos R$ 3 milhões, e as obras poderão ficar prontas em dois meses. Atualmente a profundidade do Porto do Rio oscila entre 9 e 15 metros, conforme o trecho. Com a dragagem o porto irá operar com o calado entre 10m e 15,5 metros.

 

Em sua última visita ao estado, em junho, Brito assinou, em parceria com a CDRJ - Companhia Docas e com governo do estado, na presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para o Projeto de Revitalização da Zona Portuária do Rio, importantíssimo para a beleza, desenvolvimento econômico e turístico da cidade em vistas a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

 

Transatlânticos de luxo fazem fila no porto do Rio com turistas vindo de todas as partes do mundo

Foto: 11.03.2009 - Genilson Araújo - Reporter Aéreo dos sistema Globo de Rádio

Turismo

Transatlânticos

 

No Rio já começou a temporada de cruzeiros e turismo nos transatlânticos e no Pier da Praça Mauá já tem esses verdadeiros prédios flutuantes, com vários andares atracados, partindo e chegando. São os dólares dos turistas que querem conhecer o Rio. Mas o Rio do povo ordeiro, alegre, sacana e irreverente, o Rio dos pontos turísticos, o Rio dos cartões postais. Ninguém vem ao Rio para ver o Rio do trafico, da marginalidade e das favelas de moradores maioria desqualificados, imundos, arruaceiros e baderneiros.

 

A temporada vai ser mais longa este ano. Serão seis meses de puro verão, e são esperados 36 navios passando pelo Píer Mauá, na Zona Portuária, trazendo 620 mil pessoas, um crescimento de 90% em relação ao ano passado.

 

Para atender a tudo isso obras foram feitas, o Píer Mauá triplicou de tamanho, os terminais foram reformados para dar mais conforto aos turistas e muitas pessoas foram contratadas. Os profissionais foram treinados para não faltar informação sobre a Cidade Maravilhosa para os turistas.

 

Semana passada chegou da Itália um navio com 1,3 mil pessoas a bordo. Cerca de 500 desembarcaram no Rio. Essa movimentação aquece a economia, gerando empregos e rendas.

 

Para essa temporada, as vagas de emprego já foram preenchidas, mas com as Olimpíadas de 2016 e a Copa de 2014, a tendência é que o setor cresça nos próximos anos.

 

"A assinatura de contratos para a construção de três navios transportadores de combustível (bunkers) pelo estaleiro Superpesa, de Niterói, mais o arrendamento este mês pela Petrobras da área do Ishibrás, no Caju, devem abrir no Estado do Rio mais 5.200 vagas na indústria naval".

Jornal 'O Dia' Online - Foto: banco de imagens Jornal o Dia Online

 

Estaleiros

A Petrobras quer arrendar toda área do estaleiro Ishibrás no bairro do Caju, para atender as plataformas do pré-sal e partir para a produção própria de seus navios petroleiros e plataformas.

 

Uma área fechada a anos, desde que a empresa japonesa Ishibrás interrompeu suas atividades de produção de navios no Brasil, por falta de clientes com a falência do “Milagre brasileiro”. A reativação do setor de produção de navios no Rio gera muitos empregos e tem tecnologia própria e será um investimento de muito milhões.

 

Plataforma de exploração e produção de petróleo da Petrobras. Na Bacia de Campos RJ, o setor já tem dificuldades de mão de obra especializada. Daqui a uns 10 anos quando do efetivo início da exploraão de petróleo em águas e camadas profundas, pré-sal, vai precisar de mais gente ainda. Além da exploração das reservas de gás na bacia de Santos SP.

Foto: Divulgação / Click e veja mais sobre no G1.globo.com

 

Exploração de Petróleo

A OGX estima até 1,5 bilhões de barris em poço de Campos, a carioca OGX Petróleo e Gás de Eike Batista, anunciou que o poço encontrado, o OGX-1, localizado no bloco BM-C-43 em águas rasas na Bacia de Campos, tem volume estimado de óleo recuperável entre 500 milhões e 1,5 bilhões de barris de petróleo.

 

A perfuração do poço, localizado na parte sul da bacia de Campos, já foi finalizada e atingiu uma profundidade de 2.347 metros.

 

Como resultado da perfuração, iniciada no dia 17 de setembro, foi encontrada uma coluna total de óleo superior a 200 metros. O poço está a aproximadamente 85 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro, onde a lâmina d'água é de aproximadamente 140 metros.

 

Animada com o desempenho e os primeiros resultados de sua empreitada a OGX já contratou a 5a sonda para perfurações em Santos e Campos. E a economia nacional e o PIB nacional agradecem.


 A Volks Caminhões de Resende RJ, bateu o record nacional de venda de caminhões no país recentemente, desbancando a Hegemonia da poderosa Mercedes Benz Caminhões.

Foto: O Globo Bairros - Click e leia a matéria

 

Indústria automobilística

A indústria automobilística nacional vai muito bem obrigado, mas a carioca, no seguimento caminhões, vai melhor ainda obrigado.

 

A Volks Caminhões de Resende RJ, acaba de desbancar a hegemonia da Mercedes Benz de São José dos Campos SP, e o Rio de Janeiro é o novo líder nas vendas de caminhões no país, com seus modelos arrojados, novas tecnologias e melhoras sensíveis na qualidade de seus produtos a Volks abocanhou o mercado e promete manter sua posição  o ranking por anos a fio e se distanciando da segunda colocada a Mercedes.

 

Leia Mais:

FETRANSCARGA - Rio de Janeiro é líder em caminhão

Rio de Janeiro é lider em vendas de caminhões - Central Blogs

 

 Rio Centro, o maior centro de convenções da América Latina, com cinco pavilhões interligados, totalizando 571.000 m² - sendo 100.209 m² de área construída e o restante de área externa. Click e leia mais sobre

Foto: Lafem Engenharia click e veja


Centro de Convenções Sulamérica > Rua Beatriz Larragoiti Lucas, Acesso 3  / Cidade Nova – Centro

Rio de Janeiro / RJ / Brasil.

Foto: brazilwindpower.org

 

Rio de Janeiro foi o destaque entre os resultados da pesquisa divulgada pela Embratur no última dia 15/10. O estudo, que teve como objetivo a análise sobre o impacto econômico direto e indireto dos gastos de turistas estrangeiros na economia, durante a realização de eventos internacionais, mostrou que o gasto médio diário do turista que visita o Rio de Janeiro para participar de eventos internacionais é de U$ 395,35 – bem acima da média nacional, que é de U$ 285,10. O número é bem superior à média de gastos de turistas que vêm a cidade a negócios (US$ 116,50) e a lazer (US$ 98,10). Segundo a secretária de Turismo, Esporte e Lazer, Marcia Lins.

 

Na pesquisa “Impacto Econômico dos Eventos Internacionais no Brasil 2007/2008” foram analisados 36 eventos em 14 cidades do país. No Rio, foram 10 eventos de diversos formatos (congressos, fóruns, conferências, simpósios, etc) e tamanhos (150 a 2.300 pessoas), realizados entre outubro de 2007 e novembro de 2008 no Rio de Janeiro.

 

Entre setembro de 2007 e dezembro de 2008, esses turistas movimentaram U$ 14,92 milhões na cidade.

 

Sobre poder aquisitivo dos turistas estrangeiros, a pesquisa apontou que 63,4% têm renda mensal acima US$ 3.000; 9,2% declararam possuir renda entre US$ 1 mil e US$ 2 mil; 13,1% entre US$ 2 mil e US$ 3 mil.

 

- Essa pesquisa mostra o resultado de um trabalho que vem sendo desenvolvido desde 2007. É um trabalho de todos os níveis de governo, e também da sociedade e dos setores que, de forma direta e ativa, atuam no setor – comentou, completando que a vitória sobre Tóquio, Chicago e Madri para sediar os Jogos Olímpicos de 2016 mostrou que houve organização e disciplina, além da apresentação do melhor projeto.

 

- Estamos preparando um grande planejamento estratégico com metas e objetivos para que possamos alcançar e potencializar resultados positivos e fazer com que isso mude e dê um salto de qualidade, principalmente no setor do turismo - anunciou a secretária.

O turismo do interior do estado também foi lembrado pela secretária, que informou estar marcada para semana que vem uma visita de inspeção de integrantes do Banco de Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

- Será a última visita da Missão de Análise do BID. Vamos investir 187 milhões de dólares em 87 projetos que beneficiarão diversos setores, desde infraestrutura dos municípios, como a estrada-parque Capaleinha-Mauá, até profissionalização e sinalização turística nas cidades - explicou.

 

Segundo a secretária, o Governo do Estado terá cinco anos para desenvolver os projetos, que estarão prontos em 2016.

 

Em 2008, o país realizou 254 eventos internacionais, de acordo com os critérios da maior entidade mundial do setor – a International Congress and Convention Association (ICCA) - e passou a ocupar a 7ª posição no ranking mundial. No cenário nacional, o Rio de Janeiro se destaca: no ano passado foi a segunda cidade do Brasil que mais sediou encontros estrangeiros.

 

Leia Mais

Eventos internacionais realizados no Rio movimentaram U$ 14,92 milhões 

  

Eventos Esportivos

O Rio de Janeiro, vai ter o privilegio de receber a Faldo Series Grand Final, o mais importante torneio de golfe do mundo para jogadores de até 21 anos. É a segunda vez consecutiva que esse torneio é disputado no Brasil. A competição, que começou na última segunda-feira, dia 26, vai até 30 de outubro, tem apoio da Secretaria Estadual de Turismo, Esporte e Lazer e chega pela primeira vez ao Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos de 2016, que terão o golfe no programa. Mais de 70 jovens de várias partes do mundo estarão no Itanhangá Golf Clube em busca do prêmio: o direito de competir em uma etapa do European Tour.

 

O privilégio de participar de clínicas com Nick Faldo, ganhador de seis majors (os torneios que compõem o Grand Slam do golfe mundial) e um dos maiores golfistas de todos os tempos, é outro atrativo do evento.

 

Os golfistas são selecionados em mais de 30 etapas realizadas no Reino Unido, na Ásia, na Europa e na América do Sul. Os respectivos campeões gerais no masculino e no feminino ganharão o direito de disputar, como amadores, uma etapa do European PGA Tour em Março.

 

Faldo Series Grand Final é a única competição no mundo que oferece esta oportunidade como prêmio para atletas juvenis. Ou seja, em menos de um ano, o jovem atleta pode vencer a sua etapa regional, jogar a final com os melhores de sua categoria e pode participar de um torneio com os melhores do mundo. Os vencedores de cada categoria serão convidados a participar, em janeiro próximo, do Faldo Series Asian Grand Final, no Mission Hills, na China.


Veja mais:

 

Principais Eventos

23/10/20  -  Rio de Janeiro recebe o mais importante torneio de golfe do mundo para jovens

20/10/09 - Rio de Janeiro recebe a Feira das Américas no Riocentro

15/10/09 - Eventos internacionais realizados no Rio movimentaram U$ 14,92 milhões

29/09/09 - Rio sedia feira internacional da industria de autopeças

15/09/09 - Guia Michelin reforça campanha pela Rio 2016

05/10/09 - Jogos Olímpicos 2016 beneficiarão pequenos negócios fluminenses

27/09/09 - Sérgio Cabral participa de evento em prol da Rio 2016

 

Principais Investimentos

27/10/09 - Cabral discute investimentos com Banco de Desenvolvimento da China

15/10/09 - Julio Lopes apresenta projeto de transportes para Olimpíadas 2016

14/10/09 - Kraüss Aeronáutica investe em fábrica no Estado do Rio

06/10/09 - Cabral destaca investimentos que somam R$ 90 bilhões no Estado

05/10/09 - Rio registra maior número de empresas criadas dos últimos 11 anos

01/10/09 - INVESTE RIO na feira Rio Parts

10/09/09 - Rio de Janeiro agora é lider em vendas de caminhões

13/08/09 –Teresópolis, na Região Serrana, poderá ganhar pólo industrial.

06/08/09 - Estado do Rio de Janeiro vai receber R$ 126,3 bilhões em três anos

27/07/09 - Faperj tem R$ 8 milhões para serem investidos em inovação

15/07/09 - Rio bate recorde de abertura de empresas no semestre

 

Principais Financiamentos e Incentivos

09/10/09 - INVESTE RIO participa de encontro com prefeitos do Centro-Norte fluminense

07/10/09 - Estado regulamenta tratamento diferenciado a micro e pequenas empresas

07/10/09 - Governador anuncia ações para Olimpíadas

30/09/09 - Oportunidades de negócios em Outubro

28/09/09 - Multinacional Schulz recebe aporte financeiro de R$ 5 milhões da INVESTE RIO

28/09/09 - Agência abre linha de crédito para financiar Prefeituras

23/09/09 - INVESTE RIO apoia Programa de Desenvolvimento do Setor de Audiovisual

17/09/09 - INVESTE RIO financia abertura de duas filiais da Bascauto Pneus

09/09/09 - Primeiro centro de pesquisa de multinacional para o pré-sal será no Rio

25/08/09 - INVESTE RIO adere ao Fundo de Aval às Micro e Pequenas empresas do Sebrae

20/08/09 - INVESTE RIO firma convênios de crédito para micro e pequenas empresas

19/08/09 - INVESTE RIO participa da Naval Shore 2009

11/08/09 - INVESTE RIO participa de Rodada de Negócios com a Rede Megamatte

22/07/09 - INVESTE RIO financia instalação de fábrica da Laticínios Marília em Itaperuna

13/07/09 - INVESTE RIO financia mais uma empresa no estado

10/07/09 - Área portuária de Sepetiba terá investimentos de U$ 3 bilhões

09/07/09 - Agência divulga linhas de financiamento no Médio Paraíba

07/07/09 – INVESTE RIO integra rede de serviços do Programa Rio Poupa Tempo lançado hoje

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub