Sábado, 20 de Outubro de 2012

Rio: Guardando o lixo longe da paisagem, alta tecnologia e criatividade

Novo método de coleta de lixo inspirado na Europa é implantado na Zona Portuária do Rio de Janeiro

  

 

Quem passa hoje pela Rua Barão de Tefé, na Gamboa – um dos bairros que vêm sendo revitalizados na Zona Portuária do Rio de Janeiro – talvez não perceba duas insuspeitas latas de lixo na calçada. O cidadão mais atento, porém, logo percebe que, sob eles, há um piso em falso: é lá, debaixo da terra, que o novíssimo bairro armazena o lixo recolhido nas residências e nas ruas – bem longe das vistas, portanto, do novo cartão postal carioca.

 

“Os benefícios são imensos. Primeiro, evita-se o acúmulo de lixo nas ruas, que atrai ratos e mau cheiro. Isso impede também que, durante as chuvas, o lixo seja arrastado para os bueiros e provoque alagamentos”, conta o diretor-presidente da Concessionária Porto Novo, José Renato Rodrigues Ponte.

 

O Coleta + Rio, que terá 42 coletores – 21 para produtos orgânicos e outros 21 para recicláveis –, é pioneiro no Brasil e foi inspirado no sistema adotado na cidade de Portimão, em Portugal. São dois depósitos subterrâneos com capacidade para armazenar cinco toneladas de lixo cada um. Com uma chave, o funcionário abre o depósito sem muito esforço. Em seguida, um caminhão de lixo especial é comandado, via controle remoto, a içar as caçambas.

 

Guardando o lixo longe da paisagem

  

Com o novo sistema, a coleta pode ser feita de três em três dias, o que diminui o impacto do caminhão no trânsito e, consequentemente, o lançamento de gás carbônico no meio ambiente. Cada contentor subterrâneo tem capacidade de armazenamento de 3 mil litros de material – ou 12 vezes mais do que uma caçamba de lixo comum.

 

A obra também é relativamente simples. A escavação dos depósitos subterrâneos é feita na medida em que as obras de revitalização avançam na região. As novas ruas que surgem no Porto estão recebendo calçadas mais largas, reestruturação do saneamento básico e instalação de canaletas para a passagem de fios subterrâneos. A expectativa é que até 2015 todo o sistema esteja funcionando plenamente.

 

Além disso, o Porto Novo já está em contato com cooperativas de lixo. A ideia é que tudo o que for recolhido na região seja encaminhado para catadores de lixo, que serão responsáveis pela seleção do material reciclado. O consórcio é responsável não só pelas obras da área, como também pela coleta de lixo das ruas e dos domicílios. A Porto Novo recolhe, em média, 2,6 toneladas de lixo por mês da Região Portuária – sendo 1,1 mil toneladas das ruas e 1,5 mil toneladas dos domicílios.

 

Foto: www.cidadeolimpica.com

Postado por olinguarudo às 09:00
Link do post | Faça um comentário | Adicionar aos favoritos

Parque de Madureira: O parque é nosso, isso é um parque, o resto ta de sacanagem

Um esculacho de parque, fruto da criatividade, da irrevenrência e da inteligência do carioca, uma realidade em funcionamento para dar mais conforto, comodidade, recreação e lazer à população.

 

Parque Madureira é abraçado pela comunidade e vira ponto de encontro entre moradores de todas as regiões da cidade e até de turistas

 

 

Dia desses, um senhor apareceu no Parque Madureira, inaugurado há pouco mais de três meses, levando um punhado de peixes dentro de bolsões d’água. Ele havia usado parte de sua aposentadoria na aquisição do cardume, e queria apenas coloca-los nos lagos que cortam os novos jardins da Zona Norte, ajudando, assim, a adorna-los. Outro dia, uma moradora puxou a mangueira de casa e começou a regar as plantas do local – a despeito dos guardas municipais lembrarem-na da existência de um sistema de irrigação automático. Anedotas como essas se tornaram comuns na região, e demonstram o quanto o parque foi, definitivamente, abraçado pelos cariocas.

 

 

“Pode reparar: não há um papel no chão. E quem joga é logo repreendido por outro frequentador – festeja o arquiteto Ruy Rezende, responsável pelo projeto. – Há poucos dias, embarquei por acaso num ônibus com turistas do mundo inteiro, por conta da exposição ArtRio. Num determinado momento, o guia anunciou o itinerário: Pão de Açúcar, Corcovado, Aterro do Flamengo e… Parque Madureira! Quando ouvi isso, conclui que, realmente, o parque foi inserido no cotidiano da cidade.

 

 

O sucesso não é por acaso, uma vez que o parque foi concebido com equipamentos de cultura, esporte e lazer típicos da rotina carioca. São mais de 112 mil metros quadrados com quadras esportivas (de futebol a tênis de mesa), quiosques, lagos, ciclovias e arena de eventos (com direito a shows internacionais como o cantor de soul, Billy Paul). Além, claro, do espaço nomeado pelos moradores como Praia de Madureira, uma queda d’água infinita.

 

O Parque é nosso

 

E há, ainda, a Nave do Conhecimento: um espaço com acesso gratuito à internet, tanto em computadores como em tablets, que oferece ainda cursos variados. Lá o usuário também pode pesquisar sobre a história do bairro e da cidade por meio de grandes telas em touchscreen. E, às sextas feiras, uma das paredes transparentes da Nave é transformada numa telão de cinema a céu aberto.

 

 

“É um evento que já faz parte da rotina dos moradores das redondezas e dos frequentadores mais assíduos. As pessoas, aos poucos, vão tendo a dimensão do que é ter uma área verde ao lado de casa, com tantas possibilidades de lazer das mais variadas. É uma nova realidade que deixa os moradores mais antigos abismados”, conta Eduardo Azeredo, coordenador da Nave.

Além dos vizinhos, pessoas de áreas mais distantes também já perceberam tamanha riqueza. A professora Jurema Conceição dos Santos, de 48 anos, mora em Paciência, na Zona Oeste, e já levou os dois filhos ao parque pelo menos cinco vezes.

 

 

“Em qualquer folga, é para cá que nós viemos. A gente chega, deita na grama e relaxa, enquanto as crianças brincam nas quadras ou na Nave do Conhecimento. É ótimo para deixar as crianças livres, numa área verde com segurança e limpeza”, comemora Jurema.

 

Fonte: www.cidadeolimpica.com

Postado por olinguarudo às 08:45
Link do post | Faça um comentário | Adicionar aos favoritos

TransOeste: Caminho de ar puro, animais silvestres e muito verde

Parques da Zona Oeste do Rio que cercam a obra da Transoeste mostram que é possível aliar progresso, mobilidade e preocupação ambiental

 

 

Jacarés, capivaras, lagos e palmeiras centenárias ensinam que é possível conviver com cenários bucólicos numa capital movimentada como o Rio de Janeiro. Com a chegada de grandes obras como a Transoeste, moradores de toda a cidade e visitantes vão poder desbravar com mais rapidez e facilidade o charmoso roteiro ecológico que existe na Zona Oeste carioca.

 

Quando a via estiver concluída, o Túnel da Grota Funda vai encurtar o caminho de quem segue para Ilha de Guaratiba. Aí vai ficar mais fácil passar o dia entre as espécies raras e o ar puro do Horto das Palmeiras, uma área de 200 mil metros quadrados e mais de 150 tipos diferentes da típica árvore. O local, que recebe muitos arquitetos, botânicos, biólogos e paisagistas, é também um ótimo passeio para toda a família.

– Estamos no roteiro turístico da cidade. É facílimo chegar aqui, ainda mais com a Transoeste, que vai propiciar quem vem da Barra e da Zona Sul chegar mais fácil ainda – diz o dono do Horto, Moysés Abtibol, que ganhou a área como parte do pagamento de um imóvel há mais de 20 anos e resolveu explorá-la comercialmente para, além de lucrar, prevenir possíveis invasões.

 

Transoeste cercada de ver

Entardecer no Bosque da Barra: para se sentar à beira do lago com a família

 

Entardecer no Bosque da Barra: para se sentar à beira do lago com a família

Em pouco tempo, o Horto se tornou um dos maiores especialistas em palmeiras do país. Não à toa, sua equipe foi contratada para realinhar 42 árvores que se encontravam no local onde será a saída do Túnel da Grota Funda. Replantadas, elas agora vão acompanhar o traçado e enfeitar a Transoeste.

– Sempre trocamos ideias com a Fundação Parques e Jardins. Com a Transoeste foi muito interessante: fomos procurados para prestar o serviço de “transplantar” as palmeiras. Elas medem de 25 a 30 metros de altura e tinham que ser alinhadas ao longo da saída do túnel na via expressa. O maior orgulho disso, e a grande vitória, foi que todas sobreviveram – conta Moysés, detalhando que seus funcionários levaram 30 dias para realizar o trabalho.

 

Transoeste cercada de verde

Entrada do Sítio Burle Marx, em Guaratiba: antiga casa do famoso paisagista agora é aberta ao público

 

Entrada do Sítio Burle Marx, em Guaratiba: antiga casa do famoso paisagista agora é aberta ao público

A 15 minutos do Horto está o Sítio Burle Marx. O lugar, que tem mais de 400 mil metros quadrados, foi residência particular do famoso paisagista durante 20 anos. Hoje, é aberto ao público. Mas é preciso agendar as visitas, que acontecem sempre às 9h30 ou às 13h30 e duram cerca de uma hora e meia.

 

Com 5 km de trilhas, o Parque Municipal Chico Mendes, no Recreio dos Bandeirantes, fica aberto ao público das 8h30 às 17h30. Além de brinquedos para a criançada, o local tem bancos à beira da Lagoinha para quem quiser apreciar a natureza. Para apreciar a fauna, há viveiros com jacarés e jabutis, mas é possível ver preguiças, capivaras e aves raras soltas pela mata.

– É o único parque que recebe resgate de animais. Mas temos uma fauna nativa. São 130 espécies de aves vivendo em liberdade. O jacaré, é fácil encontrar na lagoa. As trilhas são bem conservadas, têm segurança. Essas obras vão facilitar o ingresso de pessoas aqui e aumentar o fluxo de visitas – calcula a gestora do Parque, Denise Wilches Monsores.

 

 

Perto dali, na Barra da Tijuca, o Bosque da Barra tem espaço para boas caminhadas, pedaladas ou para quem quer descansar em meio ao verde ou à beira do lago. Área de preservação ambiental, o parque fica próximo à Cidade da Música e funciona diariamente, das 9h às 17h.

SERVIÇO

 

*Bosque da Barra – Av. das Américas, km 6, Barra da Tijuca. Todos os dias, das 9h às 17h. Entrada gratuita.
*Horto das Palmeiras – Estrada das Tachas, 1.613, Ilha de Guaratiba. Tel.: 3427-5222. Entrada gratuita.
*Sítio Burle Marx – Estrada Roberto Burle Marx, Guaratiba. Tel.: 2410-1412. R$ 8.
*Parque Chico Mendes – Av. Jarbas de Carvalho, 679 (entre as Avs. das Américas e Sernambetiba). De terça a domingo, das 8h às 17h. Acesso gratuito. Tel.: 2437-6400.

 

Fonte: www.cidadeolimpica.com

Postado por olinguarudo às 08:30
Link do post | Faça um comentário | Adicionar aos favoritos

BRT Transoeste muda o conceito de transporte público na cidade

Corredor exclusivo para ônibus articulados vai reduzir o tempo de deslocamento entre Santa Cruz e Barra da Tijuca

 

 

Uma nova era nos transportes urbanos do Rio tem início nesta quarta-feira, com a inauguração do corredor BRT Transoeste, o primeiro da cidade, que vai ligar Santa Cruz ao Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca. A implementação do corredor será gradual: nesta primeira fase, os ônibus articulados circularão somente pelas estações Pingo D´Água, Pontal, Recreio Shopping, Nova Barra, Gelson Fonseca, Pedra de Itaúna, Riomar, Novo Leblon e Alvorada, sempre das 10h às 15h, com intervalos de 10 minutos. Ao longo de 60 dias, as demais estações serão incorporadas ao trajeto, o que diminuirá pela metade o tempo de quem precisa se deslocar pela Zona Oeste.

 

Com capacidade para 140 passageiros, os ônibus do BRT terão ar-condicionado e tarifa única de R$ 2,75 e poderão ser pagas com o Bilhete Único Carioca ou o RioCard. Assim, durante um período de até duas horas, os beneficiados pelo novo sistema poderão fazer até três viagens, sendo duas de ônibus, tanto alimentador quanto comum, e uma de BRT. O preço da tarifa para integração com trens da Supervia será de R$ 3,95 e com ônibus intermunicipais, R$ 4,95.

- Com o Bilhete Único Carioca o passageiro pode embarcar no BRT em Santa Cruz, por exemplo, e seguir até o Terminal Alvorada. De lá, ele pode pegar um alimentador da Transoeste até o destino dele na Barra da Tijuca. Ou pode pegar também o BRT e uma linha para qualquer outro bairro do Rio de Janeiro, como Centro ou Zona Sul, pelos mesmos R$ 2,75 – explicou Marcos Tognozzi, coordenador de transportes da Zona Oeste pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR).

 

Para facilitar o acesso de quem mora longe das estações, o sistema BRT contará com as chamadas linhas alimentadoras, responsáveis por trazer os passageiros de seus bairros até a estação mais próxima e vice-versa. Com o tempo, as linhas de ônibus que fazem o trajeto Santa Cruz – Alvorada serão seccionadas e seus percursos, diminuídos. Com isso, circularão somente entre os bairros e a estação do BRT mais próxima.

 

BRT Transoeste muda o conceito de transporte público na cidade

Primeiro corredor BRT da cidade, Transoeste entra em operação ligando a Barra da Tijuca à Santa Cruz. Sistema funcionará 24 horas por dia e o serviço noturno será feito em estações pré-determinadas

 
Primeiro corredor BRT da cidade, Transoeste entra em operação ligando a Barra da Tijuca à Santa Cruz. Sistema funcionará 24 horas por dia e o serviço noturno será feito em estações pré-determinadas

 

Passageiros que ainda não possuem o Bilhete Único Carioca poderão comprar os cartões de passagem nas bilheterias das estações, que também estão equipadas com máquinas que, além da venda dos bilhetes, estarão aptas a efetuar a recarga dos mesmos.

- Todas as estações contam com agentes de segurança, agentes de plataforma, funcionários da limpeza e bilheteiros. Funcionários estarão à disposição dos passageiros para tirar eventuais dúvidas sobre o funcionamento do sistema. Além disso, as estações contarão com bicicletário – contou Tognozzi.

 

As estações estarão equipadas com monitores que informarão aos passageiros em qual a linha de ônibus ele poderá embarcar naquele momento, que sentido a linha estará seguindo e o tempo que falta para o BRT chegar na plataforma.

- O sistema BRT funcionará 24 horas por dia e o serviço noturno será feito em estações pré-determinadas, possibilitando um deslocamento mais rápido – disse Tognozzi.

 

Quando estiver em pleno funcionamento, a média de intervalo entre um BRT e outro vai variar entre dois e cinco minutos, dependendo do serviço (expresso ou parador), podendo chegar a oito minutos no período noturno.

 

Fonte: www.cidadeolimpica.com

Postado por olinguarudo às 08:15
Link do post | Faça um comentário | Adicionar aos favoritos

TransOeste: Túnel da Grota Funda, um modelo de tecnologia

Ligação entre os bairros do Recreio e de Guaratiba, a ‘estrela da Transoeste’ está 80% concluída e já nascerá como o túnel mais moderno da história da cidade, com sistema à prova de apagões, prevenção contra incêndios e acabamento com padrão europeu

 

 

 

Falta pouco para a conclusão de uma das maiores intervenções urbanas da cidade do Rio nas últimas décadas. Em fase de acabamento, o Túnel da Grota Funda está bem próximo da configuração visual que deverá ter depois de pronto. E já mostra as inovações tecnológicas que nenhum túnel carioca possui.

 

Ao todo, o túnel terá 1.100 metros de extensão e será o primeiro adaptado às diretrizes de segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Ele é encarado como ‘a estrela da Transoeste’, de acordo com o engenheiro Alexandre Risso, responsável pelas obras da via que ligará a Barra da Tijuca a Santa Cruz e Campo Grande.

  

– Nos emboques do Recreio e de Guaratiba haverá telas de proteção para que em caso de chuva e desmoronamento, as entradas do túnel não sejam fechadas, como ocorreu no Túnel Rebouças há alguns anos

 

– explica Risso.

Túnel da Grota Funda: um modelo de tecnologia

 Os trabalhos quando na fase de acabamento de uma das galerias: construção está 80% concluída

  

Os trabalhos em fase de acabamento de uma das galerias: construção está 80% concluída
Cada lado do túnel também contará com uma subestação de controle e segurança, que irá monitorá-lo 24 horas por dia. As duas terão gerador próprio e uma área para apoio técnico das equipes de socorro do túnel.

 

Inauguração da TransOeste túnel da Grota Funda

 

Também já estão sendo instalados os hidrantes para combate a incêndios e as bandejas galvanizadas de sustentação dos sistemas elétrico e de iluminação. E um toque a mais de modernidade da obra: a instalação dos painéis laterais, que serão pintados com tintas importadas da Suíça e usadas em todos os túneis europeus.

 

 

– As tintas são de fácil limpeza e ajudam na iluminação, garantindo assim segurança e qualidade de primeiro nível. A iluminação é em LED, uma novidade nos túneis do Rio de Janeiro – detalha o engenheiro.

 

Com aproximadamente 80% da obra já executados, a fase atual é de implantação da tecnologia necessária para tornar o Túnel da Grota Funda um modelo. Num trecho, já é possível ver as pequenas muretas segregadoras para as faixas do sistema BRT (Bus Rapid Transit), por onde passarão os ônibus Ligeirões.

 

 

– Hoje nós temos feito alguns trabalhos de melhorias nos túneis existentes, fazendo alguns revestimentos e mudanças de iluminação. Mas esse aqui já nasceu correto, ele será o túnel-modelo para os futuros túneis e o aprimoramento dos já existentes na cidade – conclui Risso.

 

Fonte: www.cidadeolimpica.com

Postado por olinguarudo às 08:00
Link do post | Faça um comentário | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2012

Prefeito de Japeri suspeito de mandar matar adversário é reeleito com

Motorista confessa a participação no crime e pede perdão para mãe da vítima (Foto: Reprodução)

 Prefeito de Japeri é reeleito mesmo com a acusação de envolvimento na morte de adversário

Ivaldo dos Santos, o Timor, do PSD, reeleito com 40% é acusado pela polícia de envolvimento na morte de André da Silva Conceição. Um candidato a vereador, foi preso suspeito de contratar um adolescente para entregar panfletos perto de uma escola.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 5 dias atrás

 

 Ivaldo dos Santos é reeleito com 40% dos votos em Japeri

Ivaldo dos Santos, o Timor, do PSD, é acusado pela polícia de envolvimento na morte de um adversário político. A vitória foi marcada por muita confusão e também por prisões.

Bom Dia Rio | Última atualização: 5 dias atrás

 

Isso não é privilégio de Japeri RJ, é assim em toda a Baixada Fluminense no Rio de Janeiro, a região mais desfavorecida e abandonada do estado, que reputo como a maior favela do mundo, se compararmos uma imagem aérea de qualquer grande favela do Rio com outra da Baixada Fluminense, vamos perceber que as diferença são quase imperceptíveis, e residem em detalhes como que as ruas da Baixada são mais largas e como nas favelas não tem curtas extensão interceptadas por um barraco no meio da rua, obrigando o desvio a direita ou a esquerda, para dificultar o trabalho da polícia, vamos perceber também que como nas imagens das favelas do Rio, na Baixada Fluminense a maioria absoluta das ruas não possuem saneamento básico, encanamento, água, iluminação pública asfalto e o esgoto corre em valas à céu aberto e invariavelmente desembocam em algum Rio que passam a ser valões de merda, esgoto e ao final esse esgoto, esses rios vão desembocar diretamente, ou são afluentes de outro que vai desembocar na Baia de Guanabara colaborando efetivamente para poluí-la ainda mais.

 

Está com pena? Esse povinho bem que merece tudo de ruim que sofrem, os trens atrasados, a maioria das ruas sem saneamento básico, seus filhos sem escola descentes, e o lazer, educação, entretenimento, universidades, shoppings, bons mercados, boas oportunidades de empregos e renda, estão bem longe deles, la na favela do Alemão na Penha, Rocinha e outras, onde o governo gasta o dinheiro que eles pagam de impostos, porque eles são cordeiros e elegem com grande margem de votos todos os marginais opressores que se candidatam, como nas favelas se os traficantes pudessem se candidatar os favelados os elegiam em detrimento do cidadão de bem. Na Baixada, como nas favelas é comum você ver um monte de "baba ovo", lacaios, puxa sacos atrás dos opressores, membros dos grupos de extermínio e de políticos criminosos.

 

O aspecto de favela nas construções na Baixada

A grande maioria absoluta das edificações residenciais na Baixada Fluminense é feitas irregularmente em regime de mutirão entre vizinhos, sem planta, planejamento, sem licença do poder público, sem acompanhamento o técnico profissional de engenharia, tipo favela, a maioria fica no tijolo aparente faltando reboco, cobertas com telhas de amianto, percebe-se que foram construídas por etapas, como pode atendendo a necessidade, um puxadinho depois horizontal e na vertical a direita outro a esquerda ou subindo andares, fora de prumo, de esquadro ou nível.

As ruas da mesma forma, com valas a céu aberto, a água é de poço, poucos bairros possuem sanemento básico, calçada, meio fio, e asfalto, e quando tem são esburacados, com lama e esgoto. Saúde precária, a maioria da população se socorre nos hospitais e postos de saúde da capital, que também tem a pior súde do pais.

Observe nos vídos o aspecto de favela da região e eles estão perfeitamente adaptados a isso e nem se dão conta.

 

 Educação é uma das grandes preocupações dos moradores de Japeri

Do 2º ao 5º ano do ensino fundamental, as escolas municipais ficaram em penúltimo lugar no Ideb, com média de 3,8. Já do 6º ao 9º ano, ficou em último lugar, com nota 3,5. Alunos se queixam de turmas lotadas e falta de professores.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 07/09/2012 12h00

 

 Problemas de transportes são os maiores desafios para o futuro prefeito da cidade

A maior parte dos 95 mil habitantes de Japeri, não trabalha na cidade, precisando se locomover para o centro do Rio de Janeiro. Quase todos os moradores levam mais de uma hora para chegar ao trabalho. O trem ainda é a melhor opção de transporte.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 07/09/2012 12h00

 

 Veja quais são os principais desafios dos candidatos à prefeitura de Queimados

São quase 140 mil habitantes no município onde devem ser feitos investimentos nas áreas da educação, saúde, infraestrutura, qualificação profissional, emprego e saneamento básico.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 12/09/2012 12h00

  

 Eleições: os desafios da cidade de Nova Iguaçu

Nova Iguaçu já foi uma das maiores cidades do Brasil, mas perdeu território, moradores, investimentos e arrecadação. A população caiu para 796 mil habitantes e ainda enfrenta muitos problemas de infraestrutura.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 13/09/2012 12h37

 

 Eleições: conheça os desafios da cidade de Nilópolis

O município vive um clima de tristeza com a morte de jovens. Três candidatos estão na disputa pela prefeitura. Entre os problemas para a próxima gestão estão a falta de creches e de atendimento médico.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 14/09/2012 12h00

 

 Habitação é um dos grandes desafios de São João de Meriti

São João de Meriti é a cidade com a maior concentração de pessoas por metro quadrado de todo o Brasil. E a falta de espaço para construir estimula o crescimento das favelas.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 04/09/2012 12h35

 

 Conheça os candidatos a prefeitura de São João de Meriti e os desafios na cidade

Falta de um grande hospital público para atendimentos graves é um dos problemas que persistem na cidade. Outro grande desafio é a educação. Quatro candidatos disputam o cargo de prefeito da cidade.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 04/09/2012 12h16

 

 Veja quais são os principais desafios dos candidatos à prefeitura de Duque de Caxias

A cidade e a mais populosa da Baixada Fluminense, tem 855 mil habitantes, muito conhecida pelo comércio movimentado e setor industrial forte. Mas a coleta de lixo, o caos na saúde ainda são desafios para o futuro prefeito do município.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 24/09/2012 12h00

 

 Saúde é um dos desafios na campanha do segundo turno para prefeito em Caxias

Os problemas de superlotação, falta de remédios e de profissionais são desafios para o próximo prefeito de Duque de Caxias. O segundo turno será disputado por Alexandre Cardoso e Washington Reis.

  

Ah os dirigentes políticos da Baixada

Se sairmos pelos municípios da região procurando investigar quem são os políticos que governan os municípios da Baixadas, vamos descobrir que a escola e o estilo “Lula” e seus vários tentáculos, se proliferou na região, cresceu assustadoramente a região é governada por uma maioria de analfabetos, imigrantes, malandros, vagabundos, criminosos, aventureiros, oportunistas, populistas, clientelistas e estelionatários, que não gostam de trabalhar regularmente, gostam de politicagem, aplicar golpes, enriquecer ilicitamente, viver aplicando expediente, se lançando em associações de moradores, sindicatos, partidos políticos, nomeações em cargos públicos para fazer disso o trampolim para a política e concorrer a um cargo público começando quase sempre por vereador, alguns deles alcançam êxito e se empolgam e já pensam em ser presidente da república, sem nunca trabalhar, estudar e sem preparar para ocupar o cargo que pretende assumir. 

 

Júnior do Posto, prefeito de Guapimirim, é preso na casa dele na Barra da Tijuca, no Rio - Foto Bruno Gonzalez 05/09/2012 

 Prefeito de Japeri não comparece ao trabalho

prefeito de Japeri, Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor, alvo de denúncias que envolvem corrupção e um assassinato, não compareceu na manhã desta segunda-feira (18) na prefeitura. Ele é suspeito de ser o mandante do crime.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 18/09/2012 12h00

 

 Prefeito de Japeri (RJ) é suspeito de ser mandante de homicídio

prefeito de Japeri, Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor, está sendo investigado pela polícia por dois crimes. Ele é suspeito de ser um dos mandantes da morte de um adversário político em 2011 e também por propina dentro da prefeitura.

RJTV 1ª Edição | Última atualização: 18/09/2012 12h00

 

 Cinco pessoas são presas por homicídio e prefeito é suspeito de ser mandante em Japeri(RJ)

prefeito da cidade de Japeri, na Baixada Fluminense, Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor, está sendo investigado por corrupção e também por ser um dos possíveis mandantes do assassinato de Andrezinho, comerciante e adversário político.

Jornal Globo News | Última atualização: 18/09/2012 10h00

 

A maioria desses malandros, vagabundos, aventureiros, oportunistas, para serem bem autênticos e originais, tem baixo nível escolar, cultural e educacional, falam horrivelmente errado, tipo, “bildisel”, “futibó”, “to cá cara-de-pau”, mas a grande maioria suas vidas pregressas são tenebrosas, um pleo outro de mais ou menos periculosidade, invariavelmente a maioria deles estão respondendo ou já responderam processo criminal, como os casos recentes da prisão do prefeito, vereadores de Guapimirim por formação de quadrilha por desviou R$ 46 milhões da prefeitura numa semana e na semana seguinte fato idêntico aconteceu em Duque de Caxias onde os vereadores e a empresa Locanty que iniciou suas atividade em Duque de Caxias, reduto do PMDB do prefeito Zito, como empresa de coleta de lixo e hoje vem diversificando suas atividades para outros ramos, como locação de automóveis, reboques públicos terceirizados, locação de pátios de pátios para depósitos de veículos apreendidos, sempre aliada aos governos do PMDB, partido que a Locanty costuma dar apoio financeiro e  doar verbas generosas para as campanhas políticas e depois de eleitos se aliarem para cometer crimes de superfaturamento para desvio de verbas contra o município e estão condenados pelo Tribunal de Contas do Estado a devolver aos cofres públicos R$ 19 milhões.

 

O impressionante é que essa empresa, Locanty, de Duque de Caxias onde o prefeito Zito (PMDB) também não é muito recomendável, tem um passado tenebroso e responde a vários processos até de assassinato, e não resiste a 15 minutos de investigação seria da polícia, esteve envolvida recentemente em falcatruas no governo da capital, onde governador e prefeitos são do mesmo partido PMDB, e agora reincidente em Duque de Caxias onde ela nasceu e estendeu seus tentáculos criminosos no poder público, municipal.

 

Reincidente contumaz em praticar crimes de fraudes, superfaturamento em municípios do Rio, mancomunada com os políticos locais, mas a Locanty continua participando e ganhando as “concorrências” públicas nos municípios da região.

 

Outro fato que se verifica e chama atenção é que o estilo de roubar implantado pelo PT fez escola no país, onde se assiste notícias de praticas de crimes por políticos com o mesmo estilo dos corruPTOs, mas na Baixada Fluminense o “modos operandis” petista de praticar crimes e fraudar o erário público fez escola de vez, os estilos e semelhança com os fatos petista são flagrantes e salta aos olhos e a semelhança com os crimes do Toninho do PT de Campinas SP, Celso Daniel de Santo André SP, Ângela Guadagnin em São José dos Campor SP e outros e outros.

 

Nesses municípios quase sempre são comandados por verdadeiras quadrilhas, de maior ou de menor periculosidade, mas todos são, de alguma forma comandados por pessoas de índole e reputação não recomendável, no mínimo envolvidas em falcatruas, corrupção e até crimes de morte. Além de serem quase sempre aventureiros, oportunistas, espertalhões despreparados, de baixo nível escolar, de inteligência e intelectual, que começam com um trabalho de agente comunitário, associação de moradores para se notabilizarem nessas counidades e fazer o trampolim para a política, como se vê na matéria, sem a mínima condição de ganhar eleição para zelador de prédio numa cidade minimamente politizada, mas que esses chefes de quadrilhas nessas cidade onde a vida não vale mais que R$ 50,00, são eleitos prefeitos, vereadores, secretários. Para comprovar isso é só perguntar ao traficante assassino do vereador André da Silva Conceição o Andrezinho, quanto vale a vida de um vereador na região.

 

Traficantes, milícias e grupos de extermínio

A região até 10 anos atrás não existia a grande incidência de trafico de drogas, até porque a grande incidência era a proliferação de grupos de extermínio que exterminavam ladrões, traficantes, e não davam chance para essas atividades, e os que pretendiam inicia-las sabiam o risco que corriam. Com o combate intenso aos grupos de extermínio prendendo e mandando para a justiça condenar pela Delegacia da Baixada sediada em Belford Roxo, esses grupos diminuíram bastante e com a instalação das UPPs nas grandes favelas do Rio e os traficantes do Rio se espalhando pela região do Grande Rio o trafico de drogas e os bandidos vem aumentando consideravelmente na região.

Postado por olinguarudo às 08:30
Link do post | Faça um comentário | Adicionar aos favoritos

*Pesquisar neste blog

 

*Mais sobre mim

*Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

*Posts do mês:

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

*Posts recentes

* Encontrei meu médico de f...

* Dilma: "Eu acho que vai t...

* Da Série: No que a quadri...

* Duas trajetórias, que pre...

* "Pai presente" um comerci...

* Museu de Arte do Rio que ...

* Fui pra onde?

* Para cair na folia: Agend...

* Vila Olímpica ganhará nov...

* Justiça decide que é lega...

* Governo investe forte na ...

* “Time of Rio”

* Expansão vai levar Parque...

* Se você é desocupado como...

* Novo trecho da TransOeste...

* Investimento em infraestr...

* Viaduto da Abolição refaz...

* Rio de Janeiro: Onde a op...

* Túnel do tempo olímpico -...

* Policial em São Paulo, pr...

* Rio: Guardando o lixo lon...

* Parque de Madureira: O pa...

* TransOeste: Caminho de ar...

* BRT Transoeste muda o con...

* TransOeste: Túnel da Grot...

* Prefeito de Japeri suspei...

* Se houve mensalão Lula fo...

* Preso verme que matou pol...

* Os "coitadinhos e excluíd...

* Na semana da pátria a jus...

* Passado e modernidade jun...

* Inaugurado o BRT TransOes...

* Túnel Binário já começa a...

* Inaugurado o terceiro mai...

* Ornamentos do século XIX ...

* Governo anuncia venda do ...

* Paes comemora rating conc...

* Setor de Tecnologia da In...

* BRT Transoeste muda o con...

* Jardim do Valongo passa p...

* A casa paradisíaca da can...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* Camilo Portugal, um atlet...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* No último final de semana...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* Príncipe Harry participa ...

* Fim de semana no Rio: Dic...

* No dia da Mulher: EUA hom...

* Alunas saem da praia e vã...

*Meu álbum de fotos

*Comentários Recentes

Kkkkkkkk, pra quem odeia paulista, sabe muito sobr...
Não vejo a hora de ver este projeto em anda...
Até me assusta ver um blog como este....Depois de ...
Pow o maior sonho de todo flamenguista e ter um es...
Alguns erros: Rodovia Raposo Tavares: A via foi en...
O Alan, vc sim é um verdadeiro idiota, um verme, e...
São pessoas como você que merecem ser abortadas, n...
Olá Chefe Camilo, só tenho que agradecer pela pess...
Olá aqui é Camilo Portugal o cidadão da foto aí em...
Parece que essa mudança vai ser boa para os client...

*Mais comentados

*tags

* todas as tags

blogs SAPO

*subscrever feeds