Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

30
Abr11

Rio sofre mais uma série de transformações e embelezamento

olinguarudo

Atualizado em 05/05/2011 19h38

Centro Histórico - Theatro Municipal do Rio e Mus Centro Histórico - Cinelândia Theatro Municipal

1. Centro Histórico - Theatro Municipal do Rio na Cinelândia com o Museu Nacional de Belas Artes e Av Rio Branco(D) Av Treze de Maio(E) - Foto: Augusto Malta 

2. Centro Histórico - Theatro Municipal do Rio na Cinelândia - Foto prórpia sexta-feira 04Set2009 

 

  

1. Av Central com o morro do Castelo, demolido(E) hoje Av. Rio Branco, Foto: rzeusnet-ventonolitoral.blogspot.com

2. Av Central com o morro do Castelo, sendo demolido(E) e as obras do Theatro Municipal - Foto: zrak7.ifrance.com

3. Av Rio Branco na cinelândia hoje, sem o morro do Castelo o belo acervo arquitetônico do país - Foto: flickr.com

Click nas fotos e veja em tamanho maior no album 

 

1. Flamengo quando nem praia existia apenas a Av. Beira Mar - Foto: rioantigofotos.blogspot.com

2. Aterro do Flamengo, foto atual, com o Parque Brigadeiro Eduardo Gomes, esse é o nome do Parque ou Aterro do Flamengo, o maior parque urbano do mundo, a Av Infante Dom Henrique, nome da via expressa que liga o centro a Copacabana na zona sul do Rio - Foto:rioantigofotos.blogspot.com 

 

Veja outras imagens do acervo de Augusto Malta podem ser vistas no Portal Augusto Malta e no album Fotos.sapo.pt/olinguarudo

 

Faz pouco mais de cem anos que o Rio iniciou suas primeiras grandes transformações urbanas e arquitetônicas que, de tão importantes, viriam a mudar a imagem da cidade e os costumes da população. Pereira Passos, prefeito da capital carioca na época, tinha a missão de atacar os maiores problemas do centro - falta de higiene e fácil proliferação de doenças, excesso de cortiços, ruas apertadas... - e dar à região uma imagem mais moderna, com os primeiros passos de reformas tão imponentes quanto aquelas promovidas nas grandes metrópoles da Europa.

 

Foi Pereira Passos quem construiu a Av. Central, hoje Av. Rio Branco, o Teatro Municipal na Cinelândia e uma série de outras grandes intervenções que, para sempre, ficariam marcadas no dia a dia dos cariocas. O hábito de caminhar na orla, por exemplo, provavelmente não existiria se Pereira Passos não tivesse urbanizado a Glória e outras regiões próximas ao mar.

 

Todas essas transformações foram amplamente documentadas por um fotógrafo conhecido como Augusto Malta, contratado pelo prefeito para acompanhar de perto as mudanças provocadas pro suas obras. Malta deixou um acervo de milhares de fotos, que hoje fazem parte do acervo histórico da cidade e nos ajudam a conhecer melhor o passado do Rio de Janeiro.

 

O precursor das demolições  em massa foi o Prefeito Pereira Passos,  ao rasgar a Avenida Central, hoje Avenida Rio Branco,  ligando o Cais do Porto à Avenida Beira Mar  (1904 -1905). No traçado da Avenida, foram demolidos 590  prédios comerciais, mistos,  e muitas  habitações coletivas, de péssimas condições de moradia,  os "cortiços". Segundo  cronistas da época,  boa parte dos desalojados foi aumentar a favela do Morro da Providência, atrás da Central do Brasil, iniciada pelos soldados que voltaram da Guerra dos Canudos.Fonte: ccseaerj.org.br

 

Galeria de alguns homens inteligentes com visão de futuro que ajudaram a lapidar as belezas que Deus deixou no Rio de Janeiro

 

  

Dom Pedro II e o prefeito Francisco Pereira Passos, quando jovem e em foto mais idoso, dois grandes vultos históricos dois ícones na revitalização do Rio de Janeiro, deram origem as mais importantes obras da cidade, desencadeando a competição, velada e até inconsciente entre seus sucessores até hoje, cada um querendo superar o outro e deixar sua marca irrefutável.

 

1. Dom Pedro II - Um dos vultos da história nacional do Império e do Rio de Janeiro por quem era paixonado, cosntruiu belas obras aquitetônicas, prédios, museus, palácios que muito embelezaram a cidade e se destacou com a construção na baia de Ginabara da ilha Fiscal onde se realizou o último baile do império hoje um belissimo museu - Foto imperiobrazil.blogspot.com 

2. O jovem Francisco Pereira Passos - Outro que criou várias obras no Rio que mudaram a plástica da cidade - Foto brasildesnudo.blogspot.com -

3. Preferito Pereira Passos mais idoso - Foto republicaonline.org.br

 

Vemos que o padrão de "QI" do cidadão brasileiro, sobretudo o carioca, naquela época, já era alto! Ou o "QI" de Quem Indicava, também já existia! Em 1857 esse menino Prodígio embarca para Paris,  para estudar, permaneceu na França de 1857  ao final de 1860, onde assistiu a reforma urbana de Paris promovida por Haussmann. De volta ao Brasil, influênciado e encantado pela exuberância da arquitetura Européia, ele volta com a corda toda!! Aos 24 anos, Pereira Passos demonstra ainda mais seu "QI", e atua em diversos projetos, ainda do Governo  Imperial, com idéias fantásticas.
 
Intendentes e prefeitos do Rio de Janeiro (Distrito Federal)
 
Click nos links e veja no site da Wikipegia.org quem foram esses homens
 
Nomeinício do mandatoFim do mandato
Francisco Pereira Passos30 de dezembro de 190216 de novembro de 1906
Bento Ribeiro16 de novembro de 191016 de novembro de 1914
Rivadávia da Cunha Correia16 de novembro de 19146 de maio de 1916
Amaro Cavalcanti15 de janeiro de 191716 de novembro de 1918
Paulo de Frontin23 de janeiro de 191929 de julho de 1919
Adolfo Bergamini24 de outubro de 193021 de setembro de 1931
Pedro Ernesto Baptista30 de setembro de 19312 de outubro de 1934
Augusto do Amaral Peixoto2 de outubro de 19347 de abril de 1935
Pedro Ernesto Baptista7 de abril de 19354 de abril de 1936
Olímpio de Melo4 de abril de 193611 de novembro de 1937
Ângelo Mendes de Morais16 de junho de 194724 de abril de 1951
Dulcídio do Espírito Santo Cardoso12 de dezembro de 19524 de setembro de 1954
Negrão de Lima22 de março de 19568 de julho de 1958
José Joaquim de Sá Freire Alvim8 de julho de 195821 de abril de 1960
Com a inauguração de Brasília e a conseqüente transferência do Distrito Federal, em 21 de abril de 1960 é criado o estado da Guanabara que teria uma vida administrativa de quinze anos, sendo extinto em 15 de março de 1975 por ocasião de fusão com o Estado do Rio de Janeiro.
 
  
1. Governador Carlos Lacerda Foto: manmessias21.blogspot.com - 2. Governador Carlos Lacerda Foto educacao.uol.com.br/biografias - 3. Governador Chagas Freitas Foto oglobo.globo.com/blogs
Chagas Freitas - Governador da Guanabara entre 1971 e 1975 e do Rio de Janeiro entre 1979 e 1983. Foi o grande manda-chuva da política do nosso estado na década de 1970. Seu nome deu origem ao termo pejorativo chaguismo, que consistia na forma descarada em que utilizava a máquina do estado a seu favor. Fonte: oblogdovictor.blogspot.com
 

Prefeitos do município do Rio de Janeiro

NomeInício do mandatoFim do mandatoPartidoObservações
1Marcos Tamoio15 de março de 197516 de março de 1979Arenaprefeito nomeado pelo governo estadual
2Israel Klabin16 de março de 19793 de junho de 1980MDBprefeito nomeado pelo governo estadual
3Júlio Coutinho3 de junho de 198015 de março de 1983PMDBprefeito nomeado pelo governo estadual
4Jamil Haddad15 de março de 19835 de dezembro de 1983PDTprefeito nomeado pelo governo estadual
5Marcello Alencar5 de dezembro de 19831 de janeiro de 1986PDTprefeito nomeado pelo governo estadual
6Saturnino Braga1 de janeiro de 19861988PDTprefeito eleito
7Jó Antônio Rezende19881 de janeiro de 1989PDTvice-prefeito eleito
8Marcello Alencar1 de janeiro de 19891 de janeiro de 1993PDTprefeito eleito
9César Maia1 de janeiro de 19931 de janeiro de 1997PMDB[1]prefeito eleito
10Luiz Paulo Conde1 de janeiro de 19971 de janeiro de 2001PFLprefeito eleito
11César Maia1 de janeiro de 20011 de janeiro de 2005PTB[2]prefeito eleito
11César Maia1 de janeiro de 20051 de janeiro de 2009DEMprefeito reeleito
12Eduardo Paes1 de janeiro de 2009 PMDBprefeito eleito
 

  

1. Israel Klabin prefeito do Rio de 1979 a 1980 foi o engenheiro responsável pela construção do Elevado Paulo de Frontin, via expressa que liga o centro à Lagoa Rodrigo de Freitas na zona sul da cidade hoje interligada a Linha Vermelha - Foto: rts.org.br;

2. Marcelo Alencar (PSDB) ao centro prefeito 1989 a 1993, ladeado pelo prefeito José Camilo Zito dos Santos Filho, prefeito de Duque de Caxias(E) Foto: blogdoeduardoferreira.blogspot.com;

3. Cesar Maia - Dem/RJ(E) segundo mandato de 2005 a 2009. seu sucessor o atual prefeito Eduardo Paes - PMDB/RJ - Foto: topicos.estadao.com

 

Ex-presidente da Klabin Papel e Celulose - que precisou assumir com o falecimento do pai, aos 30 anos, e ainda hoje se mantém no Conselho de Administração - e ex-prefeito do Rio de Janeiro de 1979 a 1980, Israel Klabin gosta mesmo é de ser lembrado como um voluntário na causa da defesa da sustentabilidade do planeta. Fonte: rts.org.br 

 

Rio Atual - Obras inauguradas nesta sexta (29/04/2011) 

 Novo viaduto promete aliviar trânsito entre a Barra e o Recreio

A obra é uma das etapas da Transoeste, corredor expresso que é parte do pacote de reformas da prefeitura para eventos esportivos que o Rio vai sediar. O novo viaduto fica na Avenida das Américas.

RJTV 2ª Edição - 30/04/2011

 

 Viaduto é inaugurado no Recreio dos Bandeirantes

A obra é uma das etapas da Transoeste, corredor expresso que é parte do pacote de reformas da prefeitura para eventos esportivos que o Rio vai sediar. O novo viaduto fica na Avenida das Américas, no cruzamento com a Avenida Salvador Allende.

RJTV 1ª Edição - 30/04/2011

 

PORTAL DA PREFEITURA do Rio

 

Lançado site sobre obras para as Olimpíadas e nele as obras serão fotografadas a cada 15" (segundos) para acompanhamento.

 
Historiador Milton Teixeira conta história do Píer Mauá, que receberá Museu do Amanhã

No Píer Mauá, o historiador Milton Teixeira revela curiosidades sobre o Porto do Rio e o processo de evolução da cidade. O local, construído para receber os possíveis turistas para a Copa de 1950, nunca exerceu sua função e agora receberá o Museu do Amanhã.

 

Porto Maravilha

 

E o Rio hoje vem novamente sofrendo mais uma transformação urbana, a cidade é um canteiro de obras de norte a sul, leste a oeste, a revitalização do Porto e da zona portuária no centro da cidade. A construção das três vias expressas e corredores de ônibus os chamados BRTs são elas a Transcarioca, Tranolímpica e Transoeste e todas as outras. As obras de construção da Vila Olímpica, estádios, instalações para atletas, delegações e comitivas que virão para os jogos da Copa de 2014 e Olimpíadas 2016

 

morar carioca mat morar a

 

O Morar Carioca vai entrar para a história do Rio como programa que vai urbanizar todas as favelas, onde as obras forem possíveis, até 2020. O objetivo é integrar totalmente as comunidades com a cidade. O programa vai definir estilos de arquitetura de acordo com cada localidade. Tudo isso aliado a um trabalho social democrático e transparente com gestão participativa.

 

Iniciadas obras dos corredores expresso Transcarioca, Transoeste e Transolímpica 

 

As primeiras modificações começaram a ser feitas no Campinho. Segundo a prefeitura, o trajeto entre a Ilha e a Barra passará a ser feito em uma hora. Na Barra, as obras da Transoeste ainda não começaram.

 

 A Transcarioca vai cortar o bairro de Madureira que vai ser a vedete do subúrbio sem dúvidas

Região tradicional do subúrbio carioca, Madureira há décadas não era beneficiada com uma grande reforma estrutural, mesmo sendo um dos pontos mais populosos e comercialmente efervescentes da Zona Norte. Numa tentativa de reverter isso, as obras da Transcarioca começam justamente pelo bairro.
 
Arco Metropolitano
Filme: Decisão Rio
Arco Metropolitano Descrição: O vídeo ilustra, em 3D, o futuro Arco Metropolitano que vai estruturar a malha rodoviária do Estado do Rio através da conexão de cinco grandes eixos rodoviários (Vitória, Bahia, São Paulo e Santos).
Tipo: Investimentos Rio
 
Vai interligar a Rodovia Niterói-Manilha ao Porto de Itaguai à Costa Verde na Rodovia Rio Santos no Litoral Sul do Rio, contornando a baia de Guanabara, contornando a baia de Guanabara, uma obra fantástica que já está em excução a mais de um ano.
 
Expanção da Via Light ligará Nova Iguaçu a Madureira sem utilização da Via Dutra
Maquete eletrônica das obras de extensão da Via Light, unindo a Baixada Fluminense até a Avenida Brasil. Há um projeto de extensão das obras até Madureira e a Barra da Tijuca, com a construção de um parque no Centro de Madureira, mas essa parte a Prefeitura está buscando recursos para fazer.
 

Esse é o jeito carioca de ser, agir e se comportar

"... Eu sou o Rei da boemia, carioca, sou da Lapa, patrimônio cultural e me banhei de alegria, tiro onda, dou meu jeito mMinha vida é um carnaval...".

 

O Rio é assim, expomos os problemas publicamente, assume-se, se mete o dedo na ferida, se expõe, grita bem alto para quem quiser ouvir, elas existem e estão longe de serem saradas, são perigosa e maléfica à sociedade mas estamos correndo atrás, vamos pra cima, damos nosso jeito, procuramos resolver e nçao ficamos lamentando o aumento do número de automoveis, criando rodízio de veiculos.

 

Somos um povo inteligente, de visão, irreverente, criativo e sobretudo muito bem humorado e é justamente por isso que os acéfalos, amebas copia tido que criamos de Brizolão a Sambódromo.

 

Assim é o Rio e os cariocas, amados, endeusados mas odiados pelos invejosos e despeitados, mentes bloqueadas, atrofiadas, amebas, desprovidos de inteligencia em fim para os acéfalos e quem não presta o Rio não vale nada, e eles se perguntam de onde vem tanta critividade e inteligência desse povo, festeiro e hospitaleiro, podre de engraçado que se supera e luta até encontrar as soluções pra seus problemas, assim é o Rio que não fica esperando, se lamentando que o número de carros aumentou por isso aumentaram os engarrafamentos, nos viramos para o outro lado do problemas e entendemos que os carros vieram pra ficar, que uma hora o número de veiculos vai estabilizar, mas antes disso temos que dar solução pra não termos a aberração, irracionalidade e a bestialidade nada inteligente de 190kms de engarrafamento, o Rio e os cariocas não esperam fazem acontecer, "dá seu jeito" busca as soluções e soluções essas práticas, viáveis e definitivas, vias expresas cortando a cidade de norte a sul, leste a oeste, nordeste, noroeste e sudeste, sudoeste e com isso pra matar eles de raiva a cidade fica cada vz mais bonita, atraente e marailhosa ainda.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub