Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

28
Mai11

Ministro critica a falta de capacidade de gerenciamento público de São Paulo

olinguarudo

Atualizado em 28/05/2011 21h01 

Ministro critica demora nas obras de estádio paulista para Copa do Mundo

Jornal Nacional Jornal Nacional > Sábado, 28/05/2011

O ministro do Esporte, Orlando Silva, declarou que o governo de São Paulo tem até o fim de julho para apresentar progressos. Ele ressaltou a gravidade da situação.

 Ministro critica demora nas obras de estádio paulista para Copa do Mundo

O ministro do Esporte, Orlando Silva, declarou que o governo de São Paulo tem até o fim de julho para apresentar progressos. Ele ressaltou a gravidade da situação.

Jornal Nacional 

 

O Ministro, não se estressa não, joga a toalha, coloca meta, marca data, e se cumprirem estão dentro, se não estão fora. O Brasil precisa conhecer e entender mais como agem e como são os paulistas e São Paulo, um caso de falta de inteligência, acéfalos, néscios, amebas, anacronismo, bloqueio mental endêmico e hereditário ao longo dos tempos, dos séculos, perdido e sem esperança, ocasionando que nada que eles fazem ou tentam fazer é igual como nos outros lugares, transcorre normalmente, é tudo assim como Va Exa disse vivem patinando rodando em circulo para morder o rabo, a capacidade e facilidade que tem para complicarem o óbvio é um espanto, as coisas com eles são mais complicadas que em qualquer lugar do mundo e demoram muito mais a acontecer.

 

Eles não sabem, nem tentam não tomam nenhuma atitude para um problema crucial, estressante irritante e que dá muito prejuízo financeiro e até de as saúde publica que é o trânsito deles de mais de 140kms de engarrafamentos diários e seus dirigentes políticos ficam reclamando do número de veículos que São Paulo possui, que as vendas de carros aumentaram, que a frota de São Paulo passou dos 7.012.795 veículos nas ruas, ao invés de providenciar a solução, vias expressas para a cidade, que não possui nenhuma cortando-a de norte-sul e leste-oeste como a maioria das cidades do mundo onde os dirigentes políticos tem um pouco de massa cinzenta na cérebro.

 

Acidente na Marginal do Tietê provocado por má sianalização na via - Foto G1

 

Quem tem sérias dificuldade para sinalizar uma via de trânsito, Marginal do Tietê, que um ano depois, nova Marginal Tietê ainda tem falhas na sinalização porque  sinalizaram tudo errado e quem seguia as orientações das placas erradas, não acessava a saída pretendida ou a via que a placa indicava causando confusão e acidentes aos usuários da via que quando percebiam que paravam sue veículos e davam ré no meio da pista da Marginal do Tietê e vários acidentes foram causados por essa prática até que o Ministério Público interviu e deu prazo para eles arrumarem a sinalização adequadamente. Quem faz algo dessa natureza só pode ser classificado, no mínimo de anomalia mental não acham?

 

Imagina, se para construir um Metrô com onze estações que eles já estão gastando sete anos e só inauguraram quatro e mesmo assim ‘estão todas em teste’ claro, não sabem quando terminam os testes nem quando tudo fica pronto, e estão inaugurando as estações em doses homeopáticas, à conta gotas desde que o ex-governador José Serra saiu, em outubro de 2010 para se candidatar a presidência da República e olha que a Dilma já assumiu e já está indo pro segundo mandato.

 

Enquanto isso a segunda fase do Metrô do Rio a Linha 4 que vai ligar Ipanama na estação Gal Osório ao Jardim Oceânico na Barra da Tijuca, as obras foram iniciadas recentemente e visitadas pelo COI em abril último e já tem data para a inauguração definitiva, sem testes, marcada para o dia 15 de dezembro de 2015.

 

Agora imagine para São Paulo construir um estádio, tá querendo de mais do “Tico e do Teco” os dois neurônios que ainda resta nas mentes prodigiosas paulistas não tá não? Para pra pensar e faça uma reflexão e veja quem são eles, e os exemplo de falta de inteligência deles é um espanto:

 

A maior cidade da America Latina, a ‘Locomotiva do país’ de maquinistas néscios, acéfalos e amebas, sempre andou de lado, está emperrada faz tempo, é pura lenda, mito, ta igual Pelé, vivendo de fama, a hereditariedade de falta de massa cefálica deles é flagrante em algumas atitudes que eles tomam, é só observar com atenção, é como um familiar que de repente surta, e ninguém observou que ele já dava sinais de esquizofrenia a anos e passava despercebido da família e os amigos só depois da crise é que se tocaram e perceberam que ele já não vinha ‘batendo bem’ faz tempo, se não vejamos os exemplos clássicos dessas bestialidades:

 

Bestialidades endêmicas e hereditárias paulistas

 

Rodovia ‘Raposo Travada’, digo, Raposo Tavares, construída em 1940, e ao invés de terminarem as margens do Rio Pinheiros, a 2 kms adiante, interligando com a Av Nações Unidas e dando fluxo e fluidez ao transito, não, com eles não é assim que acontece, rápido, fácil e prático, pasmem, ela é a única rodovia do mundo, aberração da natureza, que em que pese à época tudo ali era mato e tinha poucas casas construídas, portanto mais barato se tivesse que desapropriar, termina no meio do sub-bairro do Caxingui no Butantã desembocando em ruas locais, sinalizadas, e o que é pior, é também a única rodovia do mundo que possui cruzamentos em nível no seu trajeto e pior ainda, sinais de trânsito, obrigando os usuários da via a pararem para dar passagem ao trânsito que cruza a rodovia quando o sinal fecha, enquanto isso ela proporciona, orgulhosamente 34kms de engarrafamentos dia. 

 

Vias expressas - A maior cidade da América Latina, a 5ª maior do mundo, pasmem, não possui uma via expressa cortando a cidade de norte-sul / lest-oeste, e possui quatro só duas circundando a cidade as marginais do Rio Tietê e Pinheiros, o a Av 23 de maio com pouco mais de 3 kms e o chamado Minhocão com menos de 4 kms, o resto tem que se feito no meio trânsito mesmo com engarrafamentos sem precedente, mas eles estão tentando e um dia vão descobrir porque só em São Paulo engarrafa tanto.

 

Valas nos cruzamentos para água da chuva - É a única cidade do mundo que possui valas no meio das ruas, nos cruzamentos, para passar água da chuva e com isso a única coisa que conseguem é arrancar os canos de descarga dos veículos e arrastar as partes traseiras dos ônibus e veículos maiores no chão em vários cruzamentos, alguns até ficando agarrados em consequência dessas bestialidades.

 

Metrô Jabaquara - O final de linha do Metrô zona-sul, termina na estação Jabaquara a 2 kms do Aeroporto de Congonhas, que por falta de inteligência ou má fé não continuaram, não levaram o metrô ao aeroporto, o que qualquer cidadão, empresário ou dirigente político que possua as faculdades mentais normais não faria isso, levaria o metrô até o aeroporto e uma população racional, mobilizada e atenta não permitiria essa aberração, como está acontecendo na Linha 4 do metrô do Rio que a população está questionando e exigindo a mudança no traçado da estação Gávea.  

  

- Diminuir velocidade para evitar acidentes - A prova cabal e inequívoca dessa endemia hereditária acaba de se concretizar na medida em que é divulgado na imprensa recentemente, numa cidade caótica que bate todos os recordes de engarrafamentos diários no país, seus dirigentes vez por outra tomam medidas pouco inteligentes, quando não instalando mais e mais sinais de trânsito programados para engarrafar o trânsito, na medida em que você passa um e nunca consegue passar o próximo, bem próximo, eles ainda baixaram a permissão de velocidade em toda a cidade, forçando a diminuição da velocidade dos veículos e engarrafando ainda mais consequentemente, “para evitar acidentes”.

 

Sem falar de valas nas esquinas para passar água da chuva, que costuma passar a 2 metros de altura; a altura dos viadutos das marginais, mais baixos que a altura dos caminhões; Os números dos ônibus, confunde até os próprios paulistanos imagine turistas e visitantes nem pensar em se locomover de ônibus em São Paulo, isso já foi motivo de inúmeras matérias na imprensa. Na matéria, mal feita, do Bom dia Brasil do dia 16/03/2012, esqueceram de mencionar o fato do número dos ônibus que é o samba do ‘criolo doido’ o mesmo número serve para mais de 4 linhas de ônibus com destinos diferentes.

Lady Kate, 'Admirson' e São Paulo tudo a ver

'Kadique grana eu tenho, só me falta-me o gramour do Rio de Janeiro' 

Malandro adora tentar seduzir a perua cantando pagodinhos
Vídeo Show | Última atualização: 13/06/2011 13h45

Lady Kate ‘Admirson’ e São Paulo tudo a ver, vamos analisar:

Admirson representa a maioria da população paulista ou os forasteiros, retirantes, imigrantes que invadiram a cidade para roubar a décadas, ademais são:

Ricos, mal arrumados, acham bonitinho ser feitos, pagam caro para se vestir mal, cafonas, ostentação, prepotentes e desfilam pela cidade sem nenhuma vergonha, contrangimento ou senso de ridículo, com suas roupas feias e próprias para festa caipira e de mãos dadas com suas gordas.

 

"Kadikê grana eu tenho só me falta-me o gramour do Rio de Janeiro, kê ke é eu tô paganooooooo".

 

Igual a ‘Sofia’ mulher do Nazareno, caladaaaaaa

ou a ‘Biscoito’ mulher do ‘Tavares’ personagens do Chico Anysio.

São feias, mal arrumadas, cafonas, mas tem grana e tão bancando a parada.
 
Casal Nardonis um exemplo cabal e inequívoco da maioria dos paulistas
 
Essas duas antas, dizem, tem curso superior, esse exemplo clássico e irrefutável de analfabetismo é muito normal e corriqueiro em São Paulo e não estamos falando de peões de obra não, estamos falando de pessoas que a primeira vista achamos tem nível de escolaridade.
Sem contar que é muito comum ouvirmos, quem não está acostumado se assusta, arranha n osso ouvidos, só indo lá para ouvir e constatar em loco.
 
Exs. corriqueiros e banais: 'nois vai', 'nois corta', 'aperrrta' a 'porrrta' a 'Marrrcos' duvida, vá até lá e divita-se, é de graçae tem dkiso lá em abundância, igual gordo e drogado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub