Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

05
Jun11

Petkovic: O adeus de um 'Gringo' craque que deixará saudades - Flamengo 1 x 1 Corinthians

olinguarudo

Atualizado em 06/06/2011 12h50

Foto Capa do Site do Flamengo hoje em homenagem a Petkovic - Click na foto e abra o site oficial do Flamengo

Foto www.flamengo.com.br 

 

Adeus a Petkovic - Em grande estilo, Petkovic se despede com boa atuação no jogo Flamengo 1 x 1 Corinthians onde jogou 
os primeiros 45 mins, e empolgou a torcida que lotou o Engenhão hoje (05/06)
Foto André Durão-Globoesporte.com

 

Melhores momentos: Flamengo 1 x 1 Corinthians pela 3ª rodada do Brasileirão 2011

Brasileirão Brasileirão > Domingo, 05/06/2011

Em jogo que marcou a despedida de Petkovic em jogos oficiais, rubro-negros têm muita posse de bola, pressionam, mas não chegam ao gol da vitória.

 Melhores momentos: Flamengo 1 x 1 Corinthians pela 3ª rodada do Brasileirão 2011

Em jogo que marcou a despedida de Petkovic em jogos oficiais, rubro-negros têm muita posse de bola, pressionam, mas não chegam ao gol da vitória.

Brasileirão | Última atualização: 05/06/2011

 Melhores momentos: Flamengo 1 x 1 Corinthians pela 3ª rodada do Brasileirão 2011

Na despedida de Petkovic, William abre o placar para o timão, mas Renato cobra bela falta e empata.

Futebol Nacional | Última atualização: 05/06/2011

 

Confira imagens da despedida de Petkovic de jogos oficiais no Flamengo x Corinthians

Brasileirão Brasileirão >Domingo, 05/06/2011

Confira imagens da despedida de Petkovic de jogos oficiais no Flamengo x Corinthians. 

Confira imagens da despedida de Petkovic de jogos oficiais no Flamengo x Corinthians

Brasileirão | Última atualização: 05/06/2011

 

Golaço de PetKovic de falta, aos 43 minutos do segundo tempo, contra o Vasco, que deu o Tri campeonato ao Flamengo em 27/05/2001

Globoesporte.com Globoesporte.com > Quarta-feira, 25/05/2011

Há dez anos, jogador fez o gol da vitória do tricampeonato do rubro-negro. 

 O gol de Petkovic pelo Flamengo contra o Vasco em 2001 na voz de José Carlos Araújo

Há dez anos, jogador fez o gol da vitória do tricampeonato do rubro-negro.

Globoesporte.com | Última atualização: 25/05/2011 19h06

 

O golaço de Petkovic, no vídeo acima, de falta, aos 43 minutos do segundo tempo, no templo sagrado do futebol mundial o Maracanã, que deu o tri Campeonato ao Flamengo no dia 27 de maio de 2001, e eu estava no Maraca, narrado na voz desse monstro sagrado dos narradores esportivos do rádio brasileiro, o carioca José Carlos Araújo, batizado carinhosamente, pelos cariocas, de 'Garotinho' discípulo da melhor escola de narradores e comentarista esportivos do rádio brasileiro, a carioca, onde não se entrega um microfone na mão de qualquer um, cujos ouvintes e telespectadores exigentes, também não aceitam qualquer um, tem que ter talento, ser qualificado e passar no fonoaudiólogo para aprender falar. 

 

Um domingo qualquer

Era um dia frio, sem chuva. Seria um dia chato, não fosse o Maracanã lotado e a expectativa de um título. Ele não era fanático, sequer tinha visto o estádio lotado na vida, até então. Tinha 13 anos e torcia, timidamente, para o Palmeiras, apesar de morar no RJ.

Naquele domingo seu pai o levou na final. De bandeira, camisa e ingresso na mão, chegou assustado com a multidão. Entrou faltando 15 minutos pra começar e, quando olhou em volta, disse: “Pai, quantas pessoas tem aqui?!?”.

- Muitas, filho… uma nação inteira, disse o pai.

Aquela multidão explodiu em faixas, bandeiras e papel picado minutos depois. O garotinho se encolheu com medo e sentou. Com 1 minuto de jogo a torcida levantou e não deixou que o guri visse mais nada. Ele ouvia, sentia, mas não assistia.

Seu pai, rubro-negro fanático, não tinha muita esperança de que seu pivete palmeirense um dia se envolvesse com futebol. Jamais mostrou grande interesse, e só torcia porque tinha um amigo que era palmeiras.

O Flamengo saiu ganhando, mas não bastava. Tinha que ser com 2 gols de diferença, ou nada. Seu pai explicou que “faltava um”, e o garotinho não entendeu. Afinal… vitória não é vitória de qualquer jeito?

Sofreu um gol, e ele não tirou sarro do pai como sempre fazia. Ficou triste, como que contagiado pela multidão. O outro lado, 40% do estádio apenas, fazia barulho, e ele ouvia o silencio da nação a sua volta. Segundo ele, o silencio mais dolorido que já escutou na vida.

O Flamengo fez o segundo, e o garotinho, se envolvendo com o jogo, vibrou. Pulou no colo do seu pai e o abraçou como se fosse um legítimo urubuzinho.

Não era, ainda.

A torcida começou a cantar o hino, que ele sabia de cor de tanto ouvir o pai cantar. Pela primeira vez, cantou num estádio, e fez parte da nação. A angustia de milhares não passou em branco. Em mais alguns minutos o garotinho suava e já rezava de mãos grudadas ao peito. 

O Flamengo virou, mas não bastava.

40 minutos do segundo tempo. Mesmo com 2×1 no Placar, a nação ouvia gozações do outro lado. Ele não entendia, e fez o pai explicar, mesmo num momento dramático do jogo.

Atencioso, o pai sentou e contou pro garoto que o Flamengo precisava ter 2 gols de vantagem, porque a vitória por um gol empataria a soma de 2 jogos, e o empate era do rival. Ele não entendeu bem, mas simplificou em sua cabeça: “Mais um e ganharemos”.

Opa… “ganharemos”? Ele não era palmeirense?

E então, aos 43 minutos, onde alguns já se mexiam na direção da saída, uma falta do meio da rua. Seu pai vibrou e ele questionou: “O que foi? Foi pênalti!? “

- Quase isso, filho!! Dali pro Pet é pênalti!!, profetizou o pai, ignorando a distancia da falta.

A cobrança… o silencio eterno de 1 segundo e a explosão. Gol do Flamengo! Petkovic! E seu pai o abraça como nunca abraçou em toda sua vida. Pula, joga o garoto pra cima, beija, chora…

O garotinho, numa mistura de susto com euforia, olha em volta e, de braços abertos, comemora em silencio um gol que não era dele. Sem razão, ele chora. E chorando, abraça o pai que, preocupado, rompe a alegria e pergunta: O que foi? O que foi? Se machucou?

- Não… Eu to feliz, pai!

Sem mais palavras, o pai sentou e abraçado ao garotinho deu um abraço de tricampeão. O jogo acabou, e os dois continuaram abraçados.

A festa rolando, os dois assistindo a tudo aquilo emocionados, o garotinho absolutamente embasbacado com a cena, já que nunca havia visitado um estádio lotado, muito menos uma decisão. O pai olhava pro campo e pro filho, porque sabia que, talvez, aquele fosse seu único momento na vida onde teria a imagem de seu garoto comemorando um titulo do time dele.

E chorava, sem vergonha nenhuma de quem estivesse em volta.

O menino foi embora pensativo, eufórico. Em casa, contou pra mãe com uma empolgação incomum sobre tudo que viveu naquela tarde. E não falava do jogo, apenas da torcida. Iludido por uma frase, contou pra mãe: 

- Aí, no finalzinho, teve um pênalti! E o Flamengo fez o gol…
- Não filho… não foi pênalti! Foi de falta.
- Mas você disse que foi pênalti…
- Era modo de falar…. hahahahahah
- Então, mãe… aí, o cara fez o gol e a gente foi campeão!!!

Pronto. Aquele “a gente” fez o pai parar de colocar cerveja no copo, virar a cabeça lentamente e perguntar, com medo da resposta:

- A gente, filho?

(silencio…)

- É pai! O Mengão!!!!!

Emocionado, o pai abraçou o garoto e não falou nada. Ali, seu maior sonho virava realidade. A mãe entendeu, deixou os dois na cozinha e saiu de fininho, enquanto o pai começava a contar de uma outra final que viveu em mil novecentos e bolinha, com toda a atenção do novo rubro-negro.

Hoje o garoto tem 21, completados há alguns dias.

Quando seu pai perguntou o que ele queria de presente este ano, a resposta foi essa:

- Dois ingressos, uma bandeira, a camisa nova e ver você chorando igual aquele dia.

E há quem diga que “futebol é bobagem”… 

Por Rica Perrone 

 

Rica Perrone é jornalista esportivo. Tem 32 anos, é casado, paulista, apaixonado pelo Rio, (sangue bom) torce pra quem bem entender e seca a Argentina até em par ou ímpar.

Se chama Ricardo, mas pra evitar confusão com outro "Ricardo Perrone" jornalista, usa o "Rica", seu apelido.

Apaixonado pelo carnaval carioca e torcedor da Mocidade de Padre Miguel.

Fala muito palavrão, ama futebol bem jogado e informa a muitos leitores que este não é um "blog de torcedor", logo, seu time não será necessariamente... (saiba mais)

Petkovic lança documentário e interpreta ele mesmo 

Esporte Espetacular Esporte Espetacular > Domingo, 05/06/2011

Meia do Flamengo mostra habilidade até no basquete em filme sobre sua carreira, `o Gringo`.

 Petkovic lança documentário e interpreta ele mesmo

Meia do Flamengo mostra habilidade até no basquete em filme sobre sua carreira, `o Gringo`.

Esporte Espetacular | Última atualização: 05/06/2011

 

Momentos do Jogo e Homenagens da torcida e da diretoria do Flamengo no adeus a Petkovic

 

 

Willian marca para o Timão, mas Renato, de falta, deixa tudo igual para o Rubro-Negro.

Globo Esporte RJ > 06/06/2011 > 4m44s

Em tarde de homenagem ao sérvio, equipes ficam no 1 a 1 no Engenhão.

É Gol!!! 06/06/2011 > 2m42s


Torcida do Flamengo faz mosaico para homenagear Petkovic

Tempo Real | Última atualização: 05/06/2011


 Petkovic fala da emocionante despedida do Flamengo no jogo contra o Corinthians

Jogador Rubro-Negro ainda agradece a presença da torcida no estádio e a homenagem feita pelo clube.

Troca de Passes | Última atualização: 05/06/2011

 Petkovic: `Obrigado à torcida, obrigado ao Flamengo`

Ídolo rubro-negro agradece carinho dos torcedores, ao clube e recebe placa comemorativa.

Tempo Real | Última atualização: 05/06/2011

 Petkovic:`Tudo muito bonito, mas vamos buscar os três pontos na caminhada do Hepta`

Ídolo rubro-negro se emociona com gesto da torcida, mas termina entrevista falando na busca de mais um campeonato.

Tempo Real | Última atualização: 05/06/2011

Partida marca a despedida de Petkovic em jogos oficiais e pode ser a estreia do lateral-esquerdo Junior Cesar.

Tá na Área > 01/06/2011 > 1m16s

 Jogadores do Flamengo terão nome de Petkovic na camisa

O Flamengo preparou uma surpresa para a despedida de Petkovic, às 16h, contra o Corinthians, no Engenhão. Todos os jogadores do Flamengo jogarão com o nome...

globoesporte | Última atualização: 05/06/2011

 FOTOS: a despedida de Petkovic

petkovic despedida almoço petkovic despedida galeria petkovic despedida galeria petkovic despedida galeria torcidapetkovic despedida galeria mosaico petkovic despedida galeria petkovic despedida petkovic despedida galeria petkovicdespedida galeria...

globoesporte | Última atualização: 05/06/2011

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub