Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

13
Set11

Galerias e grafites consolidam região do Porto como polo de arte

olinguarudo

ArtRio, feira com obras contemporâneas no Píer Mauá, e ArtRua, que reuniu grafiteiros na Gamboa, provam que atenções dos artistas estão voltadas para a região revitalizada do Centro 

 

 

O processo de revitalização da região portuária do Rio ganhou força e incremento artístico. A ArtRio e o ArtRua acabam de entrar para o calendário de eventos da cidade levando cores e um público novo para circular por locais como Praça Mauá, Gamboa e Santo Cristo.

A primeira edição da Feira Internacional de Arte Contemporânea do Rio de Janeiro (ArtRio) reuniu em dois grandes armazéns do Porto apreciadores de arte, colecionadores e marchands de 83 galerias, sendo 50% delas estrangeiras.

Uma das idealizadoras do ArtRio, a artista plástica Brenda Valansi Osório afirma que o fato de o evento acontecer a poucos metros de onde são construídos o Museu de Arte do Rio e, mais adiante, o Museu do Amanhã, não é um acaso.

– O objetivo da feira é que ela seja anual, e começamos a primeira edição já confirmando a segunda, inclusive com a possibilidade de crescer para mais um armazém. Já temos a confirmação de várias outras galerias. E nós estamos fixos aqui, ancoramos no Porto, justamente para poder fazer parte de toda a revitalização – comemora Brenda.

E, antes mesmo de ficar pronto, o Museu de Arte do Rio já se beneficia da efervescência artística do local. No primeiro dia da ArtRio, o MAR recebeu a doação de quatro obras de arte para o seu acervo. O galerista Max Perlingeiro doou um Guignard retratando Santa Teresa; o empresário e colecionador Alexandre Accioly doou um São Sebastião pintado por Volpi, e o prefeito Eduardo Paes doou um quadro de Tarsila do Amaral retratando o Pão de Açúcar e um banco de madeira também pintado por Guignard.

 

 

Galerias montadas em armazém do Píer Mauá atraiu milhares de visitantes à ArtRio, feira com 700 obras

A menos de um quilômetro dali, um galpão da Rua Pedro Ernesto, que esteve fechado nos últimos sete anos, abrigou a exposição paralela e popular ArtRua, formada por representantes da street art e os mais consagrados grafiteiros do país. O galpão é só parte da exposição, que transbordou para os muros e paredes dos sobrados da Gamboa – também contribuindo para dar uma cara nova ao bairro.

– Acho que o ArtRua, a exemplo do que aconteceu nos Estados Unidos e na Europa, pode contribuir para a revitalização da Gamboa, que era um bairro tradicional meio esquecido. O grafite vem não só revitalizar através da arte urbana, mas também para trazer cultura, beleza e fazer com que os olhos se voltem para o Porto. Acho que a revitalização do Porto é certa, mas nós queremos saber até que ponto podemos fazer da Gamboa um bairro-arte – sugere Pedro Villela, um dos organizadores do ArtRua.

 

 

Pelas ruas da Gamboa, grafiteiros e representantes da street art mostraram seus trabalhos

O fotógrafo e artista plástico João Bosco, responsável por retratar trabalho de artistas da Geração 80, foi um dos que esteve presente nos dois eventos e saudou os novos ares do píer.

– Essa é efetivação de um pensamento que corre dentro da cidade do Rio de Janeiro há al guns anos, a necessidade de se recuperar uma área histórica da cidade que veio sendo degradada por décadas. Muita gente que mora na Zona Sul ou mesmo na Zona Norte do Rio desconhece a importância dessa área para a história da cidade – detalhou Bosco, destacando ainda a relevância arquitetônica da região portuária.

 

Fonte: cidadeolimpica.com

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub