Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

16
Fev12

Equivocada, desastrosa, infantil e extremamente amadora a defesa de Lindemberg

olinguarudo

 

Júri condena Lindemberg por morte de Eloá e outros crimes (Editoria de Arte/G1)

 

ABC PAULISTA

Júri condena Lindemberg por morte de Eloá e outros crimes

Julgamento em Santo André durou 4 dias.

Com uma advogada destrambelhada dessa não precisava nem de promotora (MP) ou advogado de acusação.

 

Após quatro dias de júri, o conselho de sentença, condenou o assassino frio e calculista, mal orientado, com todos os subsídios fornecidos por sua advogada, associado à antipatia dela perante a imprensa, sociedade, ao ponto de ser hostilizada em público e ter que pedir proteção da PM, promotora e juíza, passou para jurados, imprensa e sociedade, que entenderam que, o que deu pra entender, que a prepotente, antipática, arrogante, inexperiente, infantil, iniciante, amadora e equivocada advogada supostamente de defesa, que muito pelo contrário deu todos os subsídios aos jurados para entender que tudo que dizia era dissimulação, mentiroso e falso e por isso mesmo e pelos equívocos da estratégia da defesa,  Lindemberg Alves, de 25 anos, a 98 anos e 10 meses de reclusão pela morte de Eloá, pelos outros 11 crimes acusado e acatado pelo conselho de sentença, cometidos durante sequestro ocorrido em 2008 em Santo Andre no ABC paulista, mesma cidade do famoso caso do prefeito Celso Daniel.

 

Lindembergue não merecia mesmo uma advogada como esta, pior teve três membros de acusação ou seja três pessoas o acusando e ninguém o defendendo, a ‘defesa’ a estratégia equivocada de sua advogada, inexperiente, infantil e amadora.

 

Louve-se nesse episódio a atuação magistral, a estratégia da promotora representante do Ministério Público, quando não utilizou a réplica para não permitir a tréplica da defesa que, equivocadamente só utilizou uma hora das duas que tinha direito na primeira faze dos debates, guardando ‘trunfo’ para a segunda fazer, tréplica, quando pretendia arrebentar, não dando chance ao Ministério Público de se defender pois era a última a falar, mas foi pega de ‘calça arriada’ e ficou sem ação quando o ministério público não quis a replica e ela não teria direito a tréplica, logo ao poderia concluir seu raciocínio.

 

Outra inteligente e equilibrada a atuação da juíza em não considerar as estapafúrdias e idiotas agressões da defesa ao ser atacada por esta estapafurdiamente, quando normalmente os juízes tomam atitudes rígidas, tumultuam o processam, aplicam a lei do desacato a autoridade representam contra o advogado e até dão voz de prisão. Mas sabiamente a juíza fingiu que não entendeu e deu prosseguimento ao julgamento, sabendo que a advogada acabava de se penalizar por si mesmo ao se antipatizar diante dos jurados.

 

A advogada ‘de defesa’ com atuação estapafúrdia equivocada, desequilibrada, infantil e amadora, deu demonstração em excesso de inexperiência e infantilidade, contribuiu decisiva e fundamentalmente como principal agente da condenação de seu cliente, com uma advogada dessas nem era preciso acusação.

 

Equívocos da defesa

Quem freqüenta, trabalhou ou já viu como atua as feras do Tribunal do Juri, tipo Evandro Lins e Silva, que um de seus casos célebres foi do Doca Strit, sabe-se que em nenhum momento o advogado se comporta como arrogante, prepotente, ou seja jamais se antipatiza perante o plenário e os jurados;

 

Os advogados, sempre orientam seus réus que jamais deve ser portar altivo, intimidativo ou arrogante perante os jurados durante o julgamento;

 

Os advogados sábios, experientes, ‘raposas velhas’ orientam seus clientes entes de sentar no tribunal do júri a jamais encarar os jurados, a família de sua vítima, o promotor, o juiz, a acusação ou quem quer que seja, deve manter-se em estado de penúria, cabisbaixo, demonstrar arrependimento e aprender forçar o choro o mais que possível, para causar pena aos seus julgadores, o conselho de sentença, ou seja os jurados;   

 

A família

Quem é a família de Eloar? O pai um assassino de aluguel foragido preso e condenado por homicídio, e quis o destino, ironicamente, que ele sentisse na pele, da maneira mais trágica um castigo inexorável que sua única filha fosse assassinada, como que querendo o destino que ele experimentasse, na própria pele, o que é tirar a vida de um ser humano, de um ente querido, de um filho nosso, e passasse pelo sofrimento por que passaram os pais, a mulher e a família daqueles que ele assassinou.

 

Por outro lado esse episódio se tira várias lições corriqueiras que se presencia no dia-a-dia sobretudo em favelas, bolsões de pobresa locais de grande concentração de pessoas baixo nivel, familias desestruturadas, sobretudo a grande maioria das familias nordestinos, que tem um histórico a anos de as meninas lá dos cafundós, agreste e sertão casarem crianças ainda, e quam não conhece uma história deles que a mulher se casou aos 12/13 anos de idade, teve 10/15 filhos, sem condição de crir e educar um cachorro, morreram 3/4, e ainda hoje quem convive com eles numa aparente melhor condição financeira, como vizinho, amigos ou coisa parecida, pode presenciar algumas mães ‘acham bonitinho’ facilitando e 'empurrando' as filhas para um relacionamento com alguém próximo, que consideram em melhor condição financeira, facilitando o namoro, a maioria parece que gostam de ver dentro de casa as filhas namorando, ‘sarrando’ principalmente nas casas onde não existe a presença do pai, as mães até permitem que os namorados de suas filhas durmam com elas nos fins de semana, acho que isso as excitam, e por isso mesmo elas entregam suas filhas para namoros precoces, caso da famiília da menina Eloar, à época,  que permitiu que a criança, aos 12 anos de idade, namorasse um desequilibrado mental, sub-empregado, nada justifica o crime, mas era uma tragédia anunciada, no mínimo ela poderia engravidar e estragar sua infância, adolescência e toda sua juventude.

 

Esse tipo de atitudes está cheio no país inteiro, sobretudo nos grandes bolsões de pobresa e favelas do Rio principalmente, onde a maioria são imigrantes nordestinos, é só ver a origem a origem de todos os grandes traficantes e bandidos famosos, Ném, Parazão, FB, Pezão, Fernandinho Beira-Mar, Miltinho da Ilha e as prostitutas que agem no Rio, visitem o Instituto Padre Severino "reformatório" de menores infratores masculino na Ilha do Governador, com capacidade lotada, ou o feminino em frente "Instituto Santos Dumont", e vejam lá a origem de todos aqueles menores, garotos e garotas que foram, a grande maioria, empurrados para o crime e aprostituição pela suas próprias famílias, pela condição de vida e onde seus pais escolheream para cria-los imiscuidos com o crime e os criminosos intimamente no itnerior das favelas, onde o Ném, FB, Pezão, e outros são os eus heróis, cada um tem 6/8/10 irmãos a maioria, cada um de um pai, isso os nossos políticos e governantes do "politcamente correto" não estão preocupados, nem tem nenhuminteresse em levantar essa lebre e debater.

 

Enquanto isso, nossos dirigentes políticos sonhadores e hilariantes, vão se preocupando em elaborar cartilhas fascistas do políticamente correto do "eduque sem bater", criminalizando uma palmada num filho, enquanto para a realidade dos problemas graves eles fazem como avestruz, preferem fingir que não ve e não tocar na ferida, e os crimes bárbaros vão se sucedendo, as Eloás da vida vça morrendo vitima de Lindembergs e da própria familia, cada confronto de traficantes com polícia no Rio deixa um saldo de mortes e um prejuízo financeiro para populção e estado, com queda de helicóptero, morte de policiais e mais e mais crimes se sucedem numa corrida, com dirigentes públicos de olhos vendados, sem fim.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub