Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

07
Mai11

Bilhete Único Carioca tem nova tarifa a partir deste sábado

olinguarudo

Atualizado em 07/05/2011 14h55

Um absurdo, valor do Bilhete Único Carioca passou de R$ 2,40 para R$ 2,50 no primeiro minuto deste sábado. 

Usuário pode fazer 2 viagens em até 2h, nas linhas municipais. 

 

 

O preço da passagem no Rio era R$ 2,35 teve aumento de R$ 0,05 e foi para R$ 2,40 agora com aumento de R$ 0,10 vai para R$ 2,50

  

  A nova tarifa do Bilhete Único Carioca (BUC) entrou em vigor no primeiro minuto deste sábado (7). O aumento, de R$ 2,40 para R$ 2,50, foi publicado na quinta-feira (5) no Diário Oficial do Rio. Esse valor foi obtido com base na fórmula prevista no edital de licitação do serviço de transporte coletivo por ônibus, realizada no ano passado. As informações são da Secretaria municipal de Transportes.

 

Isso é um absurdo, uma aberração da natureza, uma bestialidade, uma irracionalidade, estamos começando a copiar tudo da colonia caipira ai do lado, R$ 2,50 onde vamos parar? E o que os caipiras vão dizer de nós? Apesar de que o preço da passagem deles ja é de R$ 3,00 faz tempo.

 

Conheço uma província, que o preço passou de R$ 2,75 para R$ 3,00 faz tempo. No Rio o governo aumenta R$ 0,10 o pessoal faz o maior auê.

 

Carioca não sabe o que é conviver com aberrações, bestialidades, acéfalos, néscios, desprovidos de inteligência, aqui não temos nem 30 kms diários de engarrafamentos.

 

Vias Expressas:

 

Para não ter a irracionalidade e a bestialidade de mais de 100 kms diários de engarrafamentos, temos mais de 10 vias expressas, um monte de corredores expressos de ônibus, mas corredores de verdade, diretos, sem parar, sem um monte de sinal de trânsito um cima do outro, a Av Brasil com 58 Kms de extensão, de Santa Cruz ao Centro o corredor expresso, só para ônibus, seu primeiroi ponto é na Rodoviária Novo Rio na Gamboa.

 

Três novas vias Expressas estão sendo construídas para melhorar ainda mais o trânsito são elas as Trans:

 

Trancarioca com 39kms de extensão vai ligar o Terminal Alvorada na Barra da Tijuca, zona oeste, ao Aeroporto Internacional Tom Jobim na Ilha do Governador zona norte do Rio e as obras já iniciaram. 

 

Transoeste com 38kms de extensão vai ligar o Jardim Oceânico na Barra da Tijuca, zona oeste, a Campo Grande passando por Santa Cruz também na zona oeste.

 

Transolímpica com 23 kms de extensão vai ligar o Terminal Alvorada na Barra da Tijuca a Deodoro na Vila Militar na zona oeste.

 

Além da Via Light que está sendo ampliada para interligar com a Transcarioca de Nova Iguaçu na Baixda Fluminense a Madureira, e ainda está em construção o Arco Metropolitano que vai interligar a rodovia Niterói-Manilha na Região dos Lagos, do outro lado da Baia de Guanabara ao Porto de Itaguai, desafogando a via Dutra, Av. Brasil, Linha Vermelha, contornando toda a baia de Guanabara, cortando os municípios de Magé, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Japeri e Itaguai, interligando a Rio-Magé, a BR 101, a BR 040, a Via Dutra e a Rio Santos, cruzando a Drutra já próximo a a Serra das Araras, que quem vai o sul ou São Paulo é só continuar, não precisa mais passar tão próximo ao centro do Rio, bem como quem vem do nordeste já adentra ela na BR 040 na altura da Rio Magé e segue para São Paulo ou sul do país.

 

Carioca "chora de barriga cheia” não sabe o que é lidar com bestialidade, irracionalidade, acéfalas, néscios, bloqueio mental, aberração da natureza, burrice extrema, totalmente desprovidos de inteligência, ETs, bisonhos e sinistros, que tem dificuldade para dar uma simples informação de endereço e eles estão tão acostumados com isso que nem percebem mais o quão são acéfalos e néscios são.

 

Carioca não sabe por exemplo, o que é ficar 1/2 hs dentro de veículo sem se mexer, sem sair do lugar num verdadeiro estacionamento a céu aberto e você não tem esperança, como no Rio, de andar mais um pouquinho para acessar uma via expressa e sair do sufoco como o Elevado da Perimetral, o Elevado Paulo de Frontin, o Aterro do Flamengo, a Av Niemeyer, a Av 31 de Março, a Auto Estrada Grajaú-Jacarepaguá, a Auto Estrada Lagoa-Barra, a Av. Brasil, a Ponte Rio-Niterói, a Linha Amarela, a Linha Vermelha, a Via Light e outras.

 

"Dente bom é na boca de cachorro" e "Deus não dá asas a cobra".

 

É desalentador, você não vê solução e nem opção, os aborígines, nativos, usuários do sistema descendo dos ônibus e continuando o percurso à pé, por exemplo lá a da  Av. Dr. Arnaldo até a Faria Lima no Largo da Batata, por exemplo, que é muito mais rápido, ou os que não podem abandonar seus carros, fazendo unha dentro dos carros, lendo jornais, ouvindo rádio, interagindo com as emissoras de rádio dando notícias sobre o trânsito, mandando e recebendo receitas de comida, anotando endereços de restaurantes, aliás são os assuntos que eles mais gostam comida e trânsito, você ligou o rádio do carro já está ouvindo sobre o assunto, tipos de prato, endereços de restaurante e os locais onde há congestionamentos, geralmente na cidade toda.  Acho que carioca se enforca numa situação dessas pra quem vai ou tem que passar por lá vindo de outros estados já é um sufoco, imagina viver numa irracionalidade dessas.

 

Esse é o jeito carioca de ser, agir, pensar e se comportar

Inteligente, irreverente e podre de chic. Expomos nossos problemas publicamente, assumimos, não dissimulamos, nos expomos, gritamos bem alto para quem quiser ouvir, enfiamos o dedo na ferida, elas existem e estão longe de serem saradas, são perigosa e maléfica à sociedade mas estamos correndo atrás, vamos pra cima, damos nosso jeito e quando resolvemos é inteligente e definitivamente, damos combate initerrupto as práticas criminosas até para desestimular quem pretenda ingressar no crime, no uso ou no tráfico de drogas.

 

Aqui é tudo feito as claras, com bastante divulgação, limpo claro e cristalino, transparente, não dissimulamos, n]ao jogamos a sujeira pra debaixo do tapete, fingindo que ele anão existe, não pousamos de “ETs” puritanos politicamente corretos, não se maquia as estatísticas e a realidade, encaremo-las.

 

E vamos parar de conversa mole e vamos viver, desfrutar e curtir o que Deus deixou de presente pra gente, que aqui ninguém é de ferro, nem ET, bisonho, sinistro e acéfalo e como diz o sambão do Salgueiro 2008 

 

"... Eu sou o Rei da boemia
Carioca, sou da Lapa, patrimônio cultural 
E me banhei de alegria,

Tiro onda, dou meu jeito
Minha Vida é um carnaval

Divina obra-prima pra se admirar
Entre morros e ladeiras ..."

04
Mai11

Autores e diretores cada vez mais escolhem o Rio para cenário de seus filmes

olinguarudo

R I O

A Saga da Ararinha Azul contrabandeada é o carro chefe da divulgação espontânea do Rio para o mundo

Assista ao Trailer oficial. 

E se quiser assitir o filme ele já está disponivel na net e pode ser visto no portal Megavideo.com - http://www.megavideo.com/?v=PEPCSFX9

 

Essa seqüência de filmes retratando o Rio de Janeiro tem atraído turistas do mundo inteiro para a cidade e por esse motivo desde o réveillon, atravessando o carnaval, semana santa os índices de ocupação dos hotéis continuam acima de 82% e cada vez chegando mais.

E não é turismo empresarial, corporativo, para participar de feiras ou congressos, que saem do Pavilhão do Rio Centro direto para o aeroporto gastando muito pouco ou o estritamente necessário com hospedagem e alimentação.

 

Não, são turistas a passeio, entretenimento, interessados em conhecer os diversos pontos turísticos do Rio, os tradicionais e mais famosos e os fora do eixo, praias, Cristo Redentor e Pão-de-açúcar, como Grumari, Barra e  Pedra de Guaratiba, Ilha de Paquetá, os museus, os fortes, os passeios de barcos saindo da Marina da Glória para a Baia de Guanabara, atravessando a baia de Guanabara e indo a Niterói conhecer o Caminhos Niemeyer, a Floresta da Tijuca, em fim no Rio tem que ter fôlego e tempo para conhecer tudo que há de beleza e monumentos naturais lindo e maravilhoso, que Deus deixou em nossa cidade, o que já foi lapidado pelo homem e o que ainda falta a lapidar como os monumentos da Floresta da Tijuca, do Recreio dos Bandeirantes a própria Pedra da Gávea de onde os adeptos de vôos de aza delta e parapente se lançam ao ar. 

Velozes e Furiosos 5

 

Os atores de Velozes e Furiosos 5, Vin Diesel e Cia, estavam no Rio para rodar e divulgar o filme, e desfrutaram a cidade conhecendo seus pontos turísticos e declarando seu amor pela cidade.

Amanhecer

 

Outro Filme com cenas rodadas no Rio  

 

Apesar do barulho dos fãs e o tumulto das filmagens, o Rio será o cenário para apenas cinco minutos da trama de “A Saga Crepúsculo: Amanhecer”.

Por conta desses minutos, a RioFilme vai pagar cerca de R$ 850 mil para a produção do filme. Segundo a equipe da RioFilme, além de fazer propaganda turística do Rio de Janeiro e Paraty, a produção do longa vai deixar US$ 3 milhões na região e gerar 500 empregos diretos.

Pipocamoderna.mtv.uol.com.br 

 

O Rio está na moda e a algum tempo vários autores e diretores vem escolhendo a beleza e magia da cidade para locação de seus filmes e essa seqüência retratando a cidade tem atraído turistas do mundo inteiro para cá e por esse motivo desde o réveillon, atravessando o carnaval, semana santa a cidade está lotada de turistas e os índices de ocupação dos hotéis continuam acima de 82% e cada vez chegando mais.

 

 

1. Praia e Aterro do Flamengo com baia de Guanabara e Ponte-Rio-Niterói ao fundo visto do Pão-de-Açúcar 

2. Morro do Corcovado com o Cristo Redentor ao fundo e os Bairros de Botafogo e Laranjeiras visto do Pão-de-Açúcar 

Fotos reprodução RJTV Globo Videos

 

 

1. Trem do Corcovado - Cristo Redentor lotado de turistas - Foto George Magaraia - G1

2. Praia de Copacabana - Foto José Carlos Pereira de Carvalho VC no G1

Vamos combinar, um esculacho de cidade - "As feias, gordas e barrigudas que nos desculpe, mas beleza é fundamental"

Parodiando o poetinha carioquíssimo Vínicios de Morares

 

E não são turistas empresariais, corporativo, para participar de feiras ou congressos, que saem do Pavilhão do Rio Centro direto para o aeroporto gastando muito pouco ou o estritamente necessário com hospedagem e alimentação.

 

São turistas à passeio, em busca de entretenimento, interessados em conhecer os diversos pontos turísticos da cidade, os tradicionais e mais famosos e os fora do eixo, praias, Cristo Redentor e Pão-de-açúcar, como Grumari, Barra e  Pedra de Guaratiba, Ilha de Paquetá, os museus, os fortes, os passeios de barcos saindo da Marina da Glória para a Baia de Guanabara, atravessando a baia de Guanabara e indo a Niterói conhecer o Caminhos Niemeyer, a Floresta da Tijuca, em fim no Rio tem que ter fôlego e tempo para conhecer tudo que há de beleza e monumentos naturais lindo e maravilhoso, que Deus deixou em nossa cidade, o que já foi lapidado pelo homem e o que ainda falta a lapidar como os monumentos da Floresta da Tijuca, do Recreio dos Bandeirantes a própria Pedra da Gávea de onde os adeptos de vôos de aza delta e parapente se lançam ao ar.

 

Já estiveram por aqui recentemente, desde o ano passado, Madonna, Beyoncé, Alicia Keys, Tom Cruise, Silvester Stalone, dentre os mais famosos, e outros que filmaram no centro, zona sul e até em Angra dos Reis na Costa Verde, Litoral sul do estado.

03
Mai11

Anunciado esquema de transporte para o Rock in Rio

olinguarudo

Atualizado em 05/05/2011 10h17

Terça-feira, 03/05/2011

Mais ingressos para o Rock in Rio começam a ser vendidos no sábado (7). É a segunda leva de tickets. Não será possível chegar até a Cidade do Rock de carro. A ordem é ir de ônibus para o evento.

 

 
Veja mais sobre o Rio na programação de TV dos jornais locais
RJTV 1ª Edição as 12hs> http://www.tvbrazuca.eu/ 
RJTV 1ª Edição as 19hs http://www.tvbrazuca.eu/
28
Abr11

Diretoria do COI vistoria obras do Metrô no Rio

olinguarudo

Enchentes no Rio preocupam dirigentes do Comitê Olímpico Internacional 

RJTV 2ª Edição RJTV 2ª Edição

 

Quinta-feira, 28/04/2011

Os estragos causados pela chuva, que essa semana alagou vários pontos do Rio, incluindo a região do Maracanã, preocupam os dirigentes que vistoriaram obras da linha 4 do metrô. O estádio será palco de cerimônias e competições nos Jogos de 2016.

 Enchentes no Rio preocupam dirigentes do Comitê Olímpico Internacional

Os estragos causados pela chuva, que essa semana alagou vários pontos do Rio, incluindo a região do Maracanã, preocupam os dirigentes que vistoriaram obras da linha 4 do metrô. O estádio será palco de cerimônias e competições nos Jogos de 2016.

RJTV 2ª Edição

 

O comitê Olímpico Internacional (COI) está no Rio e visitando as obras em função dos jogos das Olimpíadas 2016, e o Rio qeu se transformou num canteiro de obras, em função da Copa do Mundo de 2014, e das Olimpíadas 2016. Estão sendo construídas mais tres Vias Expressas, são elas:

Trancarioca com 39kms de extensão vai ligar o Terminal Alvorada na Barra da Tijuca, zona oeste, ao Aeroporto Internacional Tom Jobim na Ilha do Governador zona norte do Rio e as obras já iniciaram.  

Transoeste com 38kms de extensão vai ligar o Jardim Oceânico na Barra da Tijuca, zona oeste, a Campo Grande passando por Santa Cruz também na zona oeste. 

Transolímpica com 23 kms de extensão vai ligar o Terminal Alvorada na Barra da Tijuca a Deodoro na Vila Militar zona oeste.

 

Metrô apresenta na China novos modelos de composições 

RJTV 2ª Edição RJTV 2ª Edição

 

Quarta-feira, 27/04/2011

Metrô apresenta na China novos modelos de composições

Os novos trens do metrô do Rio estão sendo fabricados em uma fábrica em Changchum, na China. O protótipo desenvolvido com ajuda de consultores do metrô de Hong Kong ficou pronto. Mas os novos trens deveriam ter começado a chegar em agosto de 2010.

RJTV 2ª Edição

 

O Metrô do Rio está na China e esse ano nem pensar em ter melhorias, o que temos são as velhas composições desde a época da inauguração do metrô do Rio em 1979.

 

Novos trens do metrô terão capacidade para mais passageiros 

RJTV 2ª Edição RJTV 2ª Edição

 

Quinta-feira, 28/04/2011

Novos trens do metrô terão capacidade para mais passageiros

Quando os 19 trens estiverem circulando na linha 2, o metrô terá 60% a mais de lugares. Os vagões estão sendo feitos na China porque o preço é menor. A fábrica, para dar conta das encomendas, não dá folga nem férias aos funcionários há três anos.

RJTV 2ª Edição

 

O metrô de São Paulo sobretudo a linha 4 amarela que se encontra em fase de teste, aliás haja teste, fizeram uma inauguração rápida num trecho entre duas estações, Faria Lima e Paulista para o Serra inaugurar antes de sair candidadtoe estão testando até hoje das 08h00 as 15h00, as obras paradas praticamentes as estações desse trecho inacabadas e vai demorar para inaugurarem definitivamente. Isso porque é feita no sistema PPP Parceria Público Privada, mas sem dúvida os trens dessa linha amarela parecem serem mais moderno que os apresentados hoje no Rio, são automáticos, sem maquinistas, vagões interligados como os do Rio com acesso direto de um para o outro, embora não se tenha ainda notícias de quantos anos ainda vão levar testando o sistema, cada hora a direção do consórcio que administra a via da uma desculpa, 'chama todo mundo de otários' com suas desculpas e só eles que são espertos.

 

Outro ponto positivo é que São Paulo fez metrô para o povão, iniciativa do governo Mário Covas, que foi quem expandiu o Metrô até aa zonas leste-oeste e expandiu para zonas norte-sul, eles não tem vias expressas na cidade mas algum carioca foi lá e deu um buzú pra eles e nesse ponto eles fizeram melhor que no Rio levaram o metrô para os extremos da cidade, extremos norte, sul, leste e oeste.

 

No Rio que deu o bizú, pelo jeito, foi um paulsita, e os dirigentes aqui aceitaram e como não poderia ser diferente, bizú errado e pouco inteligente, e o metrô não atende o povão, as populações mais carentes o subúrbios distante da cidade, ele vai do centro à zona sul, o novo trecho vai encontrar com a zona oeste na Barra da Tijuca ou seja ele atende as áreas nobres. Só tem um só ramal que até pouco tempo era chamado de pré-metrô, metro de superficie que vai até pavuna na divisa do município de São João de Meriti na Baixada Fluminense.

 

Aliás ta na moda paulista da bizú no Rio, assumir cargo no Rio, o último foi para o secretários de transporte e os vereadores que copiaram uma das bestialidade de São Paulo, de padronizar as cores dos ônibus e o que o Rio tinha de bonito e as pessoas que vinham de fora comentavam a beleza que era as cores dos ônibus, agora é tudo igual "boi de canga" como dizia minha avó, ou burros de canga, todos iguais e não se identifica mais de linge.

25
Abr11

Instituto de Educação completa 131 anos

olinguarudo

 

Instituto de Educação completa 131 anos

Rafael Caliari e Yuri Henderson, os parceiros do RJ na Tijuca, mostram um pouco da história de uma das instituições de ensino mais antigas do país.

RJTV 1ª Edição

 

Instalado num prédio de estilo colonial belissimo é um privilégio ser aluno do Instituto de Educação, um dos ícones da educação carioca mantém uma tradição de pelotão e guarda do pavilhão da escola, está nivelada no níve das melhores escoladas do estado como o Colégio Pedro II com sua sede imponente na Av Marechal Floriano no centro da cidade. Veja as imagens desse belíssimo projeto arquitetônico.

23
Abr11

Turistas invadem o Rio e hotéis tem 92% de ocupação na baixa temporada

olinguarudo

Dois clicks no meio do vídeo e veja também no álbum

Hotéis do Rio registram a maior média de ocupação da última década

Sábado, 23/04/2011

As filas são grandes para visitar os locais mais conhecidos da cidade. No Pão de Açúcar, cerca de nove mil visitantes passam pelo local diariamente. Nos últimos quatro anos, a baixa temporada não existe mais. 

 

Turistas lotam o Rio e os pontos turisticos - Longas filas neste sábado 23Abr para o Trem do Corcovado Cristo Redentor - Último Segundo.ig.com.br

Foto George Magaraia

 

Enquanto o vizinho coloca uma placa na saída principal da cidade "quem sair por último apague a luz e não esqueça de colocar ração pro porcos que ficaram", o Rio tá lotado de turistas, os hoties estão com 92% de capacidade esgotada, não existe mais baixa temporada, que seria essa época, já que a alta temporada é no verão até o carnaval. Os depoimentos dos turista, as paisagens, a plástica da cidade é um esculacho pra ninguém botar defeito, as imagens falam por si.

 

Turistas lotam o Rio e os pontos turisticos - Para o Pão-de-Acúcar não foi diferente longas filas neste sábado 23Abr - Último Segundo.ig.com.br

Foto George Magaraia

16
Abr11

Angélica entrevista a atriz Beatriz Segall na Fundação Eva Klabin na Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio

olinguarudo

Atualizado em 17/04/2011 12h04 

Dois clicks no meio do vídeo e veja mais no álbum 

Estrelas  Estrelas

Angélica entrevista a atriz Beatriz Segall

Beatriz Segall fala de sua família e carreiraEstrelas

 

Fundação Eva Klabin é uma instituição cultural brasileira localizada na cidade do Rio de Janeiro. É uma fundação privada, idealizada pela colecionadora Eva Klabin com o objetivo de preservar e expor ao público o precioso patrimônio artístico por ela amealhado ao longo de mais de meio século. Foi idealizada por Eva nos anos 70, oficialmente instituída em 1990 e aberta ao público em 1995. Promove cursos e eventos culturais, mantém publicações e uma biblioteca especializada em artes visuais.

Situada na antiga residência da colecionadora, à beira da Lagoa Rodrigo de Freitas, a fundação se enquadra na tipologia de casa-museu, com um acervo "fechado" de aproximadamente 2000 peças. Conserva uma das mais importantes coleções de arte européia existentes no Brasil, além núcleos de antiguidades egípcias e greco-romanas, arte oriental, artefatos pré-colombianos e artes aplicadas

 

Lagoa Rodrigo de Freiras - Av Epitácio Pessoa 2.480, próximo ao Corte do Cantagalo(D) fora da foto - Rio - Fundação Eva Klabin(D) Tel 21 2523-3471 - Foto Reprodução Google

 

Click na foto e veja melhor em tamanho grande no álbum do Sapo e conheça um pouco mais desse nosso Rio de Janeiro, podre de chic, pra matar de inveja os despeitados e invejosos, o choro é livre.

 

 Lagoa Rodrigo de Freiras - Av Epitácio Pessoa 2.480, Rio - Fundação Eva Klabin(D) Tel 21 2523-3471 

 

Lagoa Rodrigo de Freiras - Av Epitácio Pessoa 2.480, Rio - Fundação Eva Klabin(D) Tel 21 2523-3471

 

Click na foto e veja melhor em tamanho grande no álbum do Sapo e conheça um pouco mais desse nosso Rio de Janeiro, podre de chic, pra matar de inveja os despeitados e invejosos, o choro é livre.

Eva Klabin

Ver artigo principal: Eva Klabin

Eva Klabin em 1929 

 

Eva Klabin, filha mais velha do casal de imigrantes lituanos Fanny e Hessel Klabin (um dos fundadores da indústria de papéis que leva o sobrenome da família), nasceu em São Paulo em 1903. Durante a adolescência, residiu com a família na Alemanha, sendo obrigada a se refugiar na Suíçadevido à eclosão da Primeira Guerra Mundial. Foi neste país que obteve sua educação formal, estudando em Neuchâtel. Retornou ao Brasil em 1919, mas voltou à Europa já em 1922, acompanhando sua mãe em tratamento médico na Alemanha. Em 1930, mudou-se para os Estados Unidos, onde completou seus estudos.

De volta ao Brasil, casou-se, em 1933, com o advogado e jornalista austro-brasileiro Paulo Rapaport. Mudou-se alguns anos depois para o Rio de Janeiro. Na então capital federal, adquiriu a casa onde residiria definitivamente, um dos primeiros imóveis construídos no entorno da recém-urbanizada Lagoa Rodrigo de Freitas. Da mesma forma que sua irmã Ema fazia em São Paulo, Eva passou a adquirir obras de arte no mercado internacional, aproveitando-se do momento propício do pós-Segunda Guerra, caracterizado pela baixa procura e pelo o excesso de ofertas. Após a morte de Paulo em 1957, Eva não se casaria novamente. Sem filhos, passou a se dedicar quase que exclusivamente ao colecionismo, fazendo frequentes viagens à Europa para adquirir peças novas.

Nos anos 60, com o crescimento da coleção, Eva decidiu expandir e reformar sua residência, optando por manter o estilo normando no qual havia sido originalmente construída. Nesse período, tornaria-se uma figura proeminente na vida política e cultural do Rio de Janeiro, oferecendo jantares de gala e hospedando em sua casa personalidades como Juscelino KubitschekHarry OppenheimerDavid RockefellerElie WieselHenry Kissinger e Shimon Peres. Após o incêndio que destruiu mais de 70% do acervo do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro em 1978, Eva começou a se preocupar com o futuro de sua coleção. Contratou especialistas do Brasil e de outros países para catalogar o acervo e conduzir pesquisas em peças específicas. Da mesma forma que sua irmã, que havia estabelecido a Fundação Cultural Ema Gordon Klabinimediatamente após incêndio do MAM, Eva começou a tomar as medidas legais necessárias para criar sua própria fundação. Eva faleceu em 1991.

Fundação Eva Klabin

Idealizada nos anos 70 e legalmente estabelecida em 1990, um ano antes da morte de sua criadora, a Fundação Eva Klabin foi aberta ao público em 22 de agosto de 1995, na presença do então Ministro da Cultura Francisco Weffort. Além de preservar e expor o acervo de Eva, a fundação tem como missão organizar atividades culturais, artísticas e científicas. Promove exposições temporárias, concertos, cursos, peças de teatro, ciclos de palestras, debates e conferências. Mantém serviço de visitas guiadas e biblioteca especializada em artes visuais. É dotada de um departamento editorial, dedicado á publicação de obras do acervo e de coletâneas dos ciclos de conferências promovidos pela instituição.

Residência 

A residência que serve de sede à fundação se localiza nas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro. Foi construída em 1931, em estilo normando, muito em voga entre as residências de balneário da cidade nessa época. Em 1952, o arquiteto romano Gaetano Minnucci foi contratado por Eva para reformar a residência. Minucci manteve o estilo original na maior parte da residência, mas agregou fachadas palacianas e ambientes internos imbuídos de espírito clássico. Nos anos 60, a casa passou por novas reformas, visando ampliar sua área construída. A residência é dividida em nove ambientes principais, nomeados por Eva: Hall Principal, Sala Renascença, Sala Inglesa, Sala de Jantar, Sala Chinesa, Hall Superior, Sala Verde, Boudoir e Quarto de Dormir.

O jardim foi projetado pelo carioca, arquiteto e paisagista mundialmente famoso Roberto Burle Marx, autor do projeto paisagístico do Aterro do Flamengo, o maior parque urbano do mundo. É bastante representativo da preferência de seu autor por cores brilhantes e de sua apreciação pela fauna tropical. Fonte: Wikipedia.org

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub