Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

11
Jun11

Bombeiro são libertados e lotam barca em Niterói com destino a ALERJ onde a mobilização continua

olinguarudo

 Atualizado em 11/06/2011 12h58 

 

Os 439 bombeiros presos por invadirem o quartel central já estáo em liberdade

RJTV 1ª Edição RJTV 1ª Edição Sábado, 11/06/2011

O grupo deixou o quartel de Jurujuba, em Niterói, de manhã, e lota barcas rumo ao Rio. Noite foi de expectativa pelo alvará de soltura. Para negociar, eles pedem anistia dos membros do movimento.


 Os 439 bombeiros presos por invadirem o quartel central já estáo em liberdade

O grupo deixou o quartel de Jurujuba, em Niterói, de manhã, e lota barcas rumo ao Rio. Noite foi de expectativa pelo alvará de soltura. Para negociar, eles pedem anistia dos membros do movimento.

RJTV 1ª Edição

10
Jun11

Justiça carioca dá sinais de coerência e bom senso e manda soltar os 439 Bombeiros presos

olinguarudo

Atualizado em 10/06/2011 13h46 

 

Justiça decide soltar os 439 bombeiros presos

RJTV 1ª Edição RJTV 1ª Edição > Sexta-feira, 10/06/2011

Os manifestantes presos aguardam a chegada do oficial de justiça para que eles possam ser libertados. A maioria deles está no quartel, em Charitas, Niterói. As negociações sobre o reajuste continuam.

 Justiça decide soltar os 439 bombeiros presos

Os manifestantes presos aguardam a chegada do oficial de justiça para que eles possam ser libertados. A maioria deles está no quartel, em Charitas, Niterói. As negociações sobre o reajuste continuam.

RJTV 1ª Edição

 

Manifestante chora durante protestos dos bombeiros no Rio

Foto Marcos de Paula - Agência Estado 

 

Barqueata que saiu do Rio em apoio aos bombeiros chega a Niterói

 Barqueata em apoio aos bombeiros chega em Niterói

Foto: Aluizio Freitas/G1

 

Bombeiros rezam juntos em frente a Alerj ao saber da soltura dos companheiros

Foto: Thamine Leta/G1

 

Demonstração de falta de habilidade para lidar com problemas divergentes, um tiro no pé, essa foi à tônica e a conseqüência do ato e do encaminhamento dado pelo governo do estado em relação as reivindicações dos Bombeiros e é assim com todo o funcionalismo público estadual, tratados como lixo pelo governo - aqui está o meu atestado de pobreza - costumam dizer quando tem que se identificar, exibir suas identidades funcionais, a maioria tem vergonha de dizer que é funcionário público estadual porque isso significa estado de miserabilidade.

 

Falar em desestabilização da ordem pública é justamente manter 439 heróis, presos, tirando da sociedade o por conseqüência da greve e da mobilização, o atendimento a socorro de acidentes, chamados de emergência é pura falta de sensibilidade e bom senso.

 

Que o salário do funcionário público fluminense é uma vergonha aviltante, sobretudo as do Corpo de Bombeiros do Rio o primeiro do país, uma instituição secular, que presta um relevante serviço a sociedade carioca e deveriam ser tratados com mais respeito pelos governo do estado, uma categoria de trabalhadores que dá tudo de sí para proteger a sociedade e socorrer a sociedade carioca como temos visto ao longo da história centenária e recente do país. Para os que tem memória curta reveja as imagens, só pra relembrar da atuação incansável deles no ‘Morro do Bumba’ e as ‘enchentes da Região Serrana’ para onde muitos deles foram voluntariamente e se dedicaram incansavelmente em prol da sociedade, e o governador Sérgio Cabral inábil, demonstrando autoritarismo e de memória curta e deve ter freqüentado a escola de seu amigo Lula, a escola do autoritarismo, reacionário e que as coisas tem que ser levadas do jeito que ele quer e não com diálogo, bom senso, ponderação e equilíbrio.

 

Se houve excessos, realmente houve, não deixar os veículos saírem para atendimento no dia da invasão do Quartel General dos Bombeiros na Pça da República, depredar as dependências da corporação, danificar os veículos e as instalações, tudo isso foi uma tiro no pé da categoria e os vândalos infiltrados na categoria que não sabem se comportar diante de uma manifestação desse nível, tem que ser punidos por seus atos para que não repitam esses atos numa próxima vez. Mas daí a impor uma prisão a 439 membros da categoria indiscriminadamente, pegos a laço, quem foi pego pelo Batalhão de Choque e o BOPE foi para a cadeia é um absurdo maior que os atos de vandalismo dos maus membros do Bombeiro.

 

Parabéns ao Desembargador que concedeu o Habeas Corpos e restabeleceu a ordem e provou que ainda existe pessoas de bom senso, que pensa com raciocínio lógico e não pensando em votos no judiciário carioca.

 

saiba mais

11
Fev11

Hosni Mubarak abandona o poder no Egito, fim de uma ditadura de 30 anos

olinguarudo

12/02/2011 10h22 - Atualizado em 12/02/2011 10h29


Foto Amr Nabil-AP - G1.globo.com

 

Cai o ditador do Egito Hosni Mubarak, o povo egípicio explode de alegria nas ruas do Cairo, vitória de um povo que sabe o que quer, que luta pelos seus ideais, o bem comum e o futuro das gerações futuras.

 

O ditador do egito, Hosni Mubarak, renunciou ao cargo nesta sexta-feira (11Fev), após um quase 30 anos de ditadura e tirania que o povo egípicio brava e ordeiramente começou a minar e derrubar a partir de 25 de janeiro com grandes manifestações populares e o mais importante, sem ceder as ameaças, os discursos de 'conciliação', as migalhas, as mudanças na legislação, em fim o repertório tentativas inúteis do governo de se perpetuar no poder, culminando com o discurso 'conciliador' de ontem, e no final a afirmativa de que não sairia do poder até as eleições de setembro, quando o povo deu uma resposta enérgica de desagrado. Se revoltou, se manifestou energicamente dando um recado inequivoco ao governo de que não aceitava suas propostas e o país estava parado até que ele renunciasse ao poder. O que demorou menos de vinte e quatro horas.


Fogos celebram fim de 30 anos do governo Mubarak na praça Tahrir, epicentro dos protestos no Cairo

Foto: Marco Longari / AFP

 

 

 

A notícia da renúncia foi feito pelo vice-presidente, Omar Suleiman, nomeado recentemente com alguns poderes, numa tentativa de acalmar o povo, fazê-los sair das ruas, voltar para suas casas e fazer o país retomar sua vida normal. Enganaram-se, esse povo sabia o que queria, e não arredou pé, não saiu das ruas, e na dose certa, engrossou o coro e as manifestações, pressionando ainda mais a queda do governo tirano e ditador. A vitória veio hoje, quando num pronunciamento rápido à TV estatal o vice-presidente Suleiman fez um pronunciamento anunciando que ‘Mubarak entregou o poder ao Exército’, disse com ar grave.

 

Egípcios comemoram neste sábado (12) na praça Tahrir, no Cairo, a primeira manhã sem Mubarak no governo.

Foto: Emilio Morenatti / AP

 

Egípcia lê jornal após passar a noite na praça Tahrir, no Cairo

Foto: Ag AP

 

"O presidente Mohammed Hosni Mubarak decidiu deixar o cargo de presidente da república e encarregou o Alto Conselho Militar de cuidar das questões de Estado", disse Suleiman.


Egípcio, com bandeira do país, comemora o
anúncio nesta sexta-feira (11) (Foto: AP)

 

‘Os crescentes protestos que derrubaram Mubarak deixaram mais de 300 mortos e 5.000 feridos. Eles começaram em 25 de janeiro, inspirados pela queda do presidente da Tunísia, e tiveram impulso na internet, que comemorou a queda do ditador.

Espera-se que a queda do regime Mubarak abale outros governos autoritários do mundo árabe.

 

Fonte: G1.Globo.com

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub