Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Linguarudo

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

Orgulho de ser brasileiro, mas sobretudo carioca, um estado de espírito, um estilo de vida, nascido em Madureira no Rio, capital do samba, flamenguista e Beija-Flor de Nilópolis; sincero, franco, sem papas na língua, marrento, fala o que sente na lata

O Linguarudo

11
Fev11

Hosni Mubarak abandona o poder no Egito, fim de uma ditadura de 30 anos

olinguarudo

12/02/2011 10h22 - Atualizado em 12/02/2011 10h29


Foto Amr Nabil-AP - G1.globo.com

 

Cai o ditador do Egito Hosni Mubarak, o povo egípicio explode de alegria nas ruas do Cairo, vitória de um povo que sabe o que quer, que luta pelos seus ideais, o bem comum e o futuro das gerações futuras.

 

O ditador do egito, Hosni Mubarak, renunciou ao cargo nesta sexta-feira (11Fev), após um quase 30 anos de ditadura e tirania que o povo egípicio brava e ordeiramente começou a minar e derrubar a partir de 25 de janeiro com grandes manifestações populares e o mais importante, sem ceder as ameaças, os discursos de 'conciliação', as migalhas, as mudanças na legislação, em fim o repertório tentativas inúteis do governo de se perpetuar no poder, culminando com o discurso 'conciliador' de ontem, e no final a afirmativa de que não sairia do poder até as eleições de setembro, quando o povo deu uma resposta enérgica de desagrado. Se revoltou, se manifestou energicamente dando um recado inequivoco ao governo de que não aceitava suas propostas e o país estava parado até que ele renunciasse ao poder. O que demorou menos de vinte e quatro horas.


Fogos celebram fim de 30 anos do governo Mubarak na praça Tahrir, epicentro dos protestos no Cairo

Foto: Marco Longari / AFP

 

 

 

A notícia da renúncia foi feito pelo vice-presidente, Omar Suleiman, nomeado recentemente com alguns poderes, numa tentativa de acalmar o povo, fazê-los sair das ruas, voltar para suas casas e fazer o país retomar sua vida normal. Enganaram-se, esse povo sabia o que queria, e não arredou pé, não saiu das ruas, e na dose certa, engrossou o coro e as manifestações, pressionando ainda mais a queda do governo tirano e ditador. A vitória veio hoje, quando num pronunciamento rápido à TV estatal o vice-presidente Suleiman fez um pronunciamento anunciando que ‘Mubarak entregou o poder ao Exército’, disse com ar grave.

 

Egípcios comemoram neste sábado (12) na praça Tahrir, no Cairo, a primeira manhã sem Mubarak no governo.

Foto: Emilio Morenatti / AP

 

Egípcia lê jornal após passar a noite na praça Tahrir, no Cairo

Foto: Ag AP

 

"O presidente Mohammed Hosni Mubarak decidiu deixar o cargo de presidente da república e encarregou o Alto Conselho Militar de cuidar das questões de Estado", disse Suleiman.


Egípcio, com bandeira do país, comemora o
anúncio nesta sexta-feira (11) (Foto: AP)

 

‘Os crescentes protestos que derrubaram Mubarak deixaram mais de 300 mortos e 5.000 feridos. Eles começaram em 25 de janeiro, inspirados pela queda do presidente da Tunísia, e tiveram impulso na internet, que comemorou a queda do ditador.

Espera-se que a queda do regime Mubarak abale outros governos autoritários do mundo árabe.

 

Fonte: G1.Globo.com

06
Fev11

Ronaldinho marca em Macaé, Flamengo 3 x 2 Boavista

olinguarudo
Domingo, 06/02/2011

Rubro-Negro sofre mas vence Verdão com gol de Negueba no final.


Tinha que ser em Macaé, litoral norte do Estado do Rio de Janeiro, o primeiro gol de Ronaldinho Gaúcho no Flamengo, contra o Boavista, para agraciar aquele povo carinhoso, de uma região que mais cresce, economicamente, no estado em função da exploração do petróleo na bacia de Campos, e os investimentos que vem sendo feitos lá em material de pré-sal, e construção pela EBX de Eike Batista do porto de Suape.

Pronto agora está batizado e já passou a ansiedade e vamos deslanchar adquirir entrosamento, conjunto, forma e fazer acontecer. Começar a ganhar os títulos e dar alegria a essa nação Rubro-Negra a maior torcida do mundo, a mais criativa, masi irreverente. Só podia ser carioca, o povo também mais descolado, descontraido e criativo do planeta.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub